sábado, 30 de abril de 2011

Sporting 2-1 Portimonense, até ao fim!



Começar por dar os parabéns às mulheres em geral, e em particular às que são Sportinguistas e estiveram em Alvalade a apoiar o nosso Sporting. Precisamos de vocês todos os fins de semana. Os 31 mil que hoje estiveram presentes no estádio souberam honrar a condição de adepto Leonino fiel à sua imagem!

Quando vi o 11 inicial e percebi que iríamos ter André Santos, Zapater, Matías e Izmailov no meio campo esbocei um sorriso e acreditei que o meu palpite de 3-0 para o jogo de hoje se iria concretizar. E tudo esteve bem encaminhado até ao intervalo quando vencíamos por 2-0. O problema foi o resto, o costume!

Marcamos o primeiro golo cedo, por Postiga e à matador numa assistência primorosa daquele que é o melhor jogador do Sporting de há umas 5 jornadas para cá, Matías Fernandez. Que logo a seguir num canto directo quase elevava a contagem. 

Como uma das principais lacunas do Sporting é a defesa, sabíamos que na primeira vez que o Portimonense fosse à nossa baliza o perigo ia aparecer. Remate a 100km/h para uma enorme defesa de Patrício. O melhor guarda redes nacional, é um facto!

Não vou entrar em pormenores de quem jogou mal, quem não deve continuar na equipa e por aí fora, porque os elementos que irão tratar disso para a próxima época sabem muito bem quem são. Aliás, a lista que hoje saiu (um golpe para nos destabilizar) apesar de tudo tem lá muito de verdade para o próximo ano.

Já perto do final da primeira parte, numa jogada iniciada por Matías "El Cantiflas" com a ajuda de Yannick, deu origem ao segundo golo com  João Pereira a não perdoar na cara do guarda redes do Portimonense. Alvalade respirava de alívio, alegre porque o Sporting vencia e jogava bem.

A segunda parte é um reflexo do que aconteceu durante a época. Yannick lesiona-se e sai, já não estava a fazer muito, Valdés entra para atirar à barra, Portimonense mais solto, mais próximo de Patrício e golo! Faltavam ainda mais de 30 minutos, mas havia uma diferença, nas bancadas fazia-se a onda e cantava-se pelo Sporting. A confiança estava de volta ao nosso estádio, parecia que apesar do golo sofrido nada iria ser alterado. A vitória hoje em condições normais não fugia!

Matías entretanto era substituído por Vukcevic, o Sporting falhava muito na frente apesar de um Postiga esforçado, o Portimonense jogava mais perto de Patrício e continuava a acreditar ser possível coma tantas outras equipas conseguiram este ano. Ainda houve tempo para a ovação a Izmailov aos 77 minutos, até eu me levantei do sofá para aplaudir o regresso do Czar de Alvalade.

Os últimos 10 minutos tiveram o regresso do "velho" Duarte Gomes. Aquele árbitro que nuca, mas nunca poderia ir mais a Alvalade apitar um jogo. Ah Ricardo Peres tu é que lhe devias ter acertado umas poucas quando houve oportunidade. O árbitro playboy primeiro expulsa André Santos por acumulação de amarelos e porque o jogador do Sporting foi ingénuo. Colocou a mão no ombro de Ivanildo que logo tratou de se atirar para a piscina. E 3 minutos volvidos, expulsa João Pereira por palavras, "vai-te foder" e "pró caralho" foi que se viu nas repetições. Enfim...

Final dramático em Alvalade com uma grande defesa de Patrício aos 92 minutos, Duarte Gomes cheio de medo e com vontade de apitar porque entretanto nas bancada incendiadas por ele, a polícia evitava que os adeptos do Sporting entrassem em campo. 

Sabor ainda mais intenso de vitória, fica o aviso que ainda vão ter de levar connosco a lutar até ao final do campeonato, nem que o 3º lugar seja conseguido em Braga. Contra tudo e todos!

VIVA O SPORTING!

9 comentários:

Sérgio disse...

O problema do João Pereira é que já devia saber que não se pode insultar o filha da puta do arbitro em Alvalade ... devia ter feito o que fez Belushi em Braga e veria apenas amarelo é que o arbitro é o mesmo desse jogo.

SL,

Luís de Aguiar Fernandes disse...

Gostaste do domínio com a mão no golo deles?

E outra coisa: Duarte Gomes voltou a passar à frente da baliza enquanto aqueciam os guarda-redes. Não estava era o Peres para o mandar a um sítio... Vergonha.

Pedro Varela disse...

Luís,

nem reparei nesse pormenor da mão no golo deles.

O Duarte Gomes é uma vergonha!

Anónimo disse...

em alvalade se calhar só se pode pedir desculpa ao árbitro por ter feito falta, acho que a lei diz isso.. enquanto nos outro campos, a lei deve permitir peitadas, cabeçadas e insultos à mãe, à tia e à família toda. é assim o nosso futebol, realmente continua podre. se isto vai mudar em alvalade? creio que sim, é possível, por duas razões, acredito que uma equipa a lutar pelo título é mais respeitada e impõe mais seriedade aos árbitros, e vi hoje no novo estádio uma multidão (porque não foram só alguns a assobiar) a querer mesmo invadir o campo e mostrar que o sporting não é nenhum teatro para artistas do apito, hoje vi revolta a sério, vi adeptos que se levantaram nesse lance da expulsão e que nunca mais se sentaram, vi uma revolta que eu próprio senti, não por ser este lance, mas sim por ser um lance que acontece noutros estádios, que é fácil expulsar em alvalade jogadores da casa e por ser o maior artista e maior cobardolas duarte gomes. cada vez acredito mais que se fará justiça, porque é de justiça que se trata. como disse o nosso presidente, isto só nos une, porque o nosso clube se está a unir e mais rapidamente nos une, e vão ter que levar connosco e qualquer dia levam com milhões de sportinguistas porque a equipa vai estar aí a lutar pelo título. mudando de assunto, já faltam poucas horas para o grande jogo do fim-de-semana, por poucas palavras, espero que o sporting faça história no desporto mundial, e penso que está tudo dito ao dizer essas palavras, o sporting é um clube que faz história no mundo. e mais, que seja uma lição para os que nos chamam de acabados. amo-te sporting. boa noite.

CS1906

Anónimo disse...

campeões nacionais de judo em masculinos. viva o sporting e muitos parabéns.

CS1906

Anónimo disse...

Vejo finalmente o Sporting começar a insurgir-se contra certas arbitragens e contra certos árbitros.
Mas esta revolta tem de aumentar muito de tom.
Tirando Dias da Cunha, todas as Direções pós Sousa Cintra tiveram uma postura mansa e mole contra as arbitragens que têm penalizado o Sporting.
Espero finalmente que este aspeto mude radicalmente pois, a meu ver, trata-se duma situação estratégica, que não pode de modo algum ser subestimada.
DUARTE

Anónimo disse...

pela primeira vez vi claramente os sportinguistas a tentarem entrar dentro de campo para tratarem daquele boi do apito, estamos cansados, fartos, são anos e anos de gozo e roubos, não pode continuar isto. num jogo que estava a correr bem, aquele boi estragou tudo e fez com que ocorrem desacatos nas bancadas, vá lá que desta só os stewards é que tentaram distribuir pancada (também se armam demasiado em maus, qualquer dia sai-lhes para o torto) e não vieram os fardados com o bastão. começa a ser demasiado adverso o ambiente no nosso próprio estádio, árbitros, stewards e policia sempre a tratar os sportinguistas como lixo e como se eles mandassem lá mais que nós. godinho abre os olhos para isto.

CS1906

D.E. disse...

Tenho pouco a dizer. Isto é o Sporting! Mesmo com uma segunda parte que podia ter sido bem melhor, já se começa a ver a verdadeira máquina novamente.

Em frente que o 3º lugar ainda vai ser nosso!

Nuno disse...

É engraçado que o segundo golo do Sporting começa numa mão na área do mantorras russo tão evidente como a do rolando no dragão mas ninguém fala nisso. Nem o Carlos Freitas. É assim a verdade desportiva à moda de alvalade. Isso não invalida que o duarte gomes seja um mau arbitro, mas habituam-se a ele. Depois da arbitragem do ultimo Benfica-Porto o rapaz tem o futuro garantido.