sábado, 1 de março de 2014

SAD do Sporting com semestre positivo


O Sporting comunicou à CMVM os resultados do primeiro semestre do ano em curso onde registou um resultado positivo de 3,7M€.

As principais notas salientadas pelo Sporting:

"1. Os resultados do semestre são positivos em 3.724 milhares de Euros que comparam com 21.946 milhares de Euros de prejuízo no mesmo período do semestre findo em 31 de Dezembro de 2012. Esta melhoria dos Resultados em 25.670 milhares de Euros foi possível por uma redução significativa dos gastos e perdas operacionais excluindo transações de passes de jogadores (-29%),de uma diminuição de 37% das amortizações e perdas de imparidade do plantel e de uma variação positiva de cerca de 13 milhões de euros na rubrica de rendimentos com transações de passes de jogadores e apesar de uma redução de cerca de 6% dos rendimentos operacionais (que decorre principalmente da não participação em competições europeias);

2. Os Proveitos Operacionais (excluindo Proveitos com Transação de Passes de Jogadores) fixaram-se em 16.721 milhares Euros, o que implica uma quebra de 979 milhares Euros em relação ao 1º semestre de 2012/13. Esta quebra explica-se principalmente pela não participação nas competições europeias (-1.908 milhares de Euros de receitas de participação e -426 milhares de Euros de patrocínios e publicidade associados), e pela mudança na contabilização das quotas em relação ao 1º semestre do ano anterior (-748 milhares de Euros) compensados por um aumento das receitas de transmissões televisivas (+1.801 milhares de Euros) e por um acréscimo das receitas de bilheteira (+1.225 milhares de Euros, consequência da melhor performance desportiva nas competições nacionais e de uma redução das ofertas de bilhetes e convites);

3. Os Custos Operacionais sofreram uma redução significativa relativamente ao semestre homólogo, fundamentalmente devido às rubricas de gastos com o pessoal (-6.724 milhares de Euros) e de fornecimentos e serviços externos (-4.010 milhares de Euros), na sequência das medidas de reestruturação operacional implementadas. Adicionalmente, as amortizações e perdas de imparidadedo plantel tiveram uma variação positiva (+2.603 milhares de Euros) e os rendimentos com transações de passes de jogadores apresentaram a maior variação absoluta neste período (+13.032 milhares de Euros), principalmente fruto da alienação dos direitos desportivos dos jogadores Tiago Ilori e Bruma;

4. Relativamente à Situação Patrimonial a 31 de Dezembro de 2013, comparativamente com a situação patrimonial a 30 de Junho de 2013, o valor do Ativo aumentou cerca de 9.345 milhares de euros, fruto fundamentalmente dos valores a receber relativos à alienação de direitos desportivos de jogadores. O Passivo sofreu um acréscimo de cerca de 5.621 milhares de Euros relacionados fundamentalmente com o aumento do financiamento bancário que tem permitido o pagamento de valores em dívida a fornecedores e outros credores bem como de indemnizações."

Sem comentários: