quinta-feira, 10 de abril de 2014

O Sporting tem de ser apenas e só o Sporting! (II)


É que já não se aguenta esta conversa entre (alguns) Sportinguistas que o Sporting tem de seguir o caminho de determinados clubes.

No ano passado era do Dortmund, aliás, ainda na terça feira, era o caminho a ser seguido. Depois na quarta já era para se seguir o caminho do Atlético de Madrid.

No próximo ano aparece o Ajax a fazer uma boa época, e lá vem a conversa do seguidismo, simples e demagógico.

Já o disse no passado e volto a referir que, quando falamos de seguir, por exemplo um Borussia de Dortmund, ao início rio-me da facilidade com que se diz isso, como se fosse apenas necessário colocar uma receita mágica numa "bimby" qualquer e que os resultados seriam instantâneos.

O princípio é bom, é recomendável, mas, não esquecer os seguintes factos sobre o Borussia: faz parte de uma das ligas mais competitivas do mundo, numa economia que não é a nossa, com adeptos a deter outros argumentos que os do Sporting não têm e por fim, são apenas a 11º equipa do mundo em termos de receitas, só uns míseros 189 milhões de euros (época 2011/2012 relatório da Deloitte). Isto é só um exemplo.

O Sporting pode olhar para estes casos, e outros, e perceber as boas práticas usadas, mas em termos de caminho tem de seguir o seu próprio caminho. Sempre tivemos uma identidade, histórica e única, e é este o trilho que deve ser respeitado!

Sporting tem de ser apenas e só o Sporting!

Sem comentários: