terça-feira, 20 de maio de 2014

Obrigado Leonardo Jardim!


Obrigado Leonardo Jardim!

Só podia começar assim o texto de despedida do treinador Leonino que chegou a Alvalade com a difícil missão de recuperar o clube de uma desastrosa época ao lado de uma Direcção que sempre acreditou no seu trabalho.

Desiludam-se, para não bater muito nesta tecla, os que ainda acreditam em cadeiras de sonhos, ídolos, eternos amores, porque isso não existem. Há o Sporting, como instituição que amámos e existimos nós, adeptos/sócios que vivemos esta apaixonada irracionalidade pelo clube. O resto foi tomado pelo futebol moderno!

Respeito e união. Foi muito interessante ver Leonardo ao lado do Presidente na decisão de sair do clube. Da mesma forma que entrou, pela porta grande, saiu e deixará, obviamente saudades, porque estava a meio de um projecto que acreditaríamos que iria dar frutos.

A qualidade que foi conseguida no tempo de Leonardo Jardim é de assinalar. Não nos deu títulos, verdade, e todos sabemos que isso é o mais importante, mas devolveu-no o prazer de ver o Sporting jogar futebol. 

No início da época, 90% dos Sportinguistas (fonte: estudo efetuado pelo ROC a seguir ao jantar), queriam um campeonato com um objetivo único de conseguir o terceiro lugar. Seria agradável não andarmos atrás do Braga e recuperamos o respeito, principalmente por nós próprios dentro de campo. Superou-se e Leonardo não sendo o único responsável, ajudou e muito!

Todos queremos o título de campeão nacional, mas saibamos crescer com cabeça, coisa que tem faltado em Alvalade. O projecto fazia todo o sentido com o Leonardo, mas não vai a zero pela sua saída. Isso deve-se ao facto de actualmente o Sporting ter uma Direcção forte e que merece o nosso crédito. Saibamos apreciar isso!

Vou ter saudades da lucidez de Leonardo Jardim nas conferências de imprensa. Que seja um exemplo para quem vem a seguir. E quem vier a seguir já sabe que terá um trabalho complicado, novos processo, novas adaptações, lidar com a reacção dos adeptos e a sorte também convém que ajude.

Por fim, ainda andam por aí uns abutres que colocam em causa o Leonardo, porreiro era quando tínhamos de pagar aos treinadores para eles irem embora. Agora até nos pagam na saída. A saída do Leonardo não é o fim do mundo, mas que nenhum Sportinguista use a expressão "temos de levantar a cabeça".

Hoje não é dia de críticas. Despedimo-nos de Leonardo Jardim com a mesma elevação que ele trouxe consigo para assumir este difícil compromisso há 1 ano quando entrou em Alvalade para treinar o Sporting.

Obrigado Leonardo Jardim. Boa sorte!

2 comentários:

Leo Filo disse...

UPPERCUT de Leonardo Jardim ao autor do blog e a BC.
Ao autor do blog porque afinal era verdade o que dizia a comunicação social sobre a saída de LJ, mas o autor do blog apenas dá como verdades bíblicas o que a comunicação social diz de mal sobre as anteriores direcções e como calúnias aquilo que a CS diz sobre a nova direcção.
A BC porque voltou a enganar os sportinguistas quando disse que a cláusula de rescisão era de 15 milhões e afinal hoje veio dizer que esta era só a nível interno!!!
Mas principalmente a BC porque não soube renovar o contrato de LJ atempadamente, deixando correr o tempo e só no final da época o tentou fazer.
Afinal não eram só os outros que tinham dificuldade em renovar contratos (vamos lá ver como acaba o processo de Dier) e quando os discursos de presidente e treinador começaram a ser cada vez mais diferentes ao longo da época, era previsível este desfecho.
A saída de LJ é uma quebra num processo que devia ter continuidade, nomeadamente no crescimento da equipa.
Uma palavra para LJ a quem todos devemos o bom campeonato, com resultados melhores que as exibições é certo, mas que foi extremamente importante para o futuro do SCP.
União entre o Presidente e o treinador!! Basta ver as declarações públicas de ambos em 2014...

Sérgio disse...

Varela falas em abutres e aparece logo o Leo Fito.

O minha abécula aqui não há cadaveres o SCP está bem vivo!