quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Até da Rússia se percebe isso!

"Como vê então o atual Sporting?

Vejo um Sporting mais à procura de equilíbrio emocional do que de outra coisa qualquer. Há dois pólos opostos, com um presidente emotivo e envolvido e um treinador que sabe o que quer, estável. São mais as disputas internas, parece-me a mim vendo de fora, que desestabilizam. De qualquer forma, a campanha na Champions, num grupo difícil, foi muito boa. O Marco deve estar orgulhoso do que tem feito e do futebol que propõe."
André Villas Boas, treinador do Zenit

1 comentário:

Ricardo disse...

Hmmm... vindo de AVB, é preciso tomar isto com algumas doses de piri-piri. É bom não esquecer que ele, sendo adepto do FC Porto e (ainda) com boas ligações com PdC, tem sempre um "vested interest" em que o Sporting não se reerga tão facilmente.