domingo, 21 de dezembro de 2014

Nacional 0-1 Sporting :: três pontos muito importantes!



Na SIC Notícias discutiam há minutos possíveis treinadores do Sporting. Maldito zapping que podia ser inteligente e evitar que eu visse tamanha parvoíce. Independentemente do que possa acontecer ao Sporting em termos directivos, e neste momento só me ocorre que esta direcção termine o mandato, espero e desejo que Marco Silva seja o treinador do Sporting por muitos e bons anos!

No final do jogo, depois uma vitória sofrida mas muito merecida, que peca até por escassa, Carlos Mané, autor do golo da vitória, proferiu as seguintes palavras, "O Sporting não está debaixo de pressão, estamos a trabalhar para ajudar o máximo. A mensagem do presidente? Ele dá-nos sempre força, quer sempre o melhor do Sporting, temos de dar a vida por ele porque ele é uma pessoa muito importante no clube". 

Claro que facilmente estas palavras são deturpáveis, acredito que Mané ao dizer que os jogadores têm de dar a vida pelo Presidente, sendo ele importante para o clube como refere, é como dizer que os jogadores têm de dar tudo pelo clube. Sempre!

A vitória desta noite, sendo justa, foi arrancada a ferros porque o Sporting não teve a calma e o discernimento necessário para acabar com o jogo nas diversas oportunidades que teve. Principalmente na segunda parte quando podia ter feito o 2-0 e com toda a calma do mundo gerido a vantagem. Não aconteceu, e como já é uma clássico, tivemos de sofrer até ao final do jogo onde terminamos com 10, expulsão de Adrien, onde durante 15 minutos jogamos em inferioridade numérica

Marco Silva no final do jogo disse que "Não comento as palavras do presidente, sabem disso. O que posso é que, como treinador, falo como treinador, prefiro criticar ou elogiar cara a cara e com os meus atletas presentes", o que de certa forma acabou por parecer uma (pequena) crítica ao Presidente. Era evitável na minha opinião, até porque a comunicação social aproveita tudo para criar focos de problema no Sporting. Por exemplo, num programa de fraca qualidade como o "Contragolpe" da TVI 24 já falam desse focos de instabilidade do Presidente. Procuram apenas e só denegrir, até porque a qualidade dos comentadores que por lá anda é fraca.

E já que falamos de coisas evitáveis, eu apesar de tudo até aceito a última declaração que Bruno de Carvalho fez. Acho no entanto, que apesar de querer andar informado sobre o que se passa no Sporting, de preferência pelos órgãos oficiais, diminuiria a cadência das mesmas preservando uma imagem que pode ficar desgastada. Há assuntos que são vitais e merecem as nossas críticas, a verdade desportiva (não há capela que resista), os fundos, as alterações no futebol nacional seja ao nível do dirigismo ou da profissionalização dos árbitros (embora não seja isso que os torne melhor), mas a constante necessidade de aparecer pode desgastar uma qualidade, não sendo em demasia, que o Presidente tem.

Por fim, destacar 2 jogadores do jogo desta noite: Paulo Oliveira e Carrillo.

Quando ao primeiro, o nosso melhor central, não há por aí uma forma de o clonar? Acho que haviam poucas dúvidas em relação à sua qualidade tendo em conta a época passada, agora dissiparam-se na totalidade. Para mim o melhor em campo hoje na Choupana!

Carrillo diziam que estava a jogar para o contrato, e ainda faltam 2 anos. Carrillo está a beneficiar do trabalho do Marco Silva, de certa forma já Leonardo estava a tirar o melhor dele, e do facto, não hoje, de poder evoluir com um jogador como Nani em campo. Este processo de "osmose" tem acontecido e o peruano não deixa dúvidas sobre a sua qualidade.

O campeonato pára, estamos a 1 ponto do pódio mas a 10 pontos da liderança. O que nos resta? Continuar a ser sérios, em todos os campos, entrar para vencer sempre pelo Sporting!

1 comentário:

Relva disse...

Subscrevo, e acrescento este Rodolfo mete nojo. Grande porc**