sexta-feira, 16 de janeiro de 2015

A falsa notícia do CM e as receitas omissas!


Hoje correu um notícia relativamente à contabilização dos prémios da Liga dos Campeões por parte do Sporting no relatório e contas recentemente apresentado que não abonava nada a favor do clube. Claro que a fonte era pouco fiável, mas, uma certa franja de adeptos do costume, da crítica fácil, rapidamente colocou em causa a boa honra de que está à frente do clube.

Recuar um pouco até ao blackout que o Sporting decretou. Fui contra, por princípio sou contra. Mas, medidas directas com alguns órgãos de comunicação já concordo e, pontualmente, acho necessárias.

O Correio da Manhã é abusador na quantidade de falsidades que lança sobre o Sporting. Era um claro visado para essas medidas.

O Sporting reagiu ao final em comunicado assinado por Carlos Vieira sobre o que aconteceu com a contabilização da verba, e já lá vamos. Só para quem não está a par, a fase de grupos da Liga dos Campeões rende 8,6 M€ como prémio. A notícia dizia que o Sporting tinha contabilizado 8 M€, o que é verdade, mas insistia que o Porto e Benfica tinham contabilizado correctamente. Insinuando que o Sporting estaria a fazer algo de errado.

A primeira coisa que fiz, ainda de manhã, foi ler os comunicados do Porto e Benfica. Do clube do norte, não se percebe se foi tudo ou não contabilizado porque o valor engloba outros itens. Do rival foram contabilizados os 8,6 M€. Mas isso é pouco relevante, cada um sabe de si.

O jornalista em questão, Octávio Lopes, fez, portanto, questão de lançar uma notícia com má fé e um fim bem específico.

O comunicado pode ser lido na íntegra aqui, saliento a parte mais importante:

5. A Sporting SAD entende que os montantes relativos à participação nas competições europeias devem ser reconhecidos nas épocas em que sejam disputadas, pelo que procedeu de acordo com este princípio;

6. Sobre a contabilização deste tipo de receitas a Sporting SAD tem noção de que não existe uma política standard a seguir por todas as sociedades anónimas desportivas;

9. Em face de todo o exposto, reiteramos que não existe nas contas da Sporting SAD qualquer omissão de receitas, apenas se trata de uma classificação contabilística adoptada pela Sporting SAD que esta entende ser a mais prudente, ajustada e transparente;

Sem comentários: