sábado, 18 de abril de 2015

Bilhetes para a Taça de Portugal :: sobre o critério!


Nunca será possível satisfazer todos os adeptos do Sporting quando falamos da final da Taça de Portugal. O Jamor leva apenas 37 mil pessoas, é um dos jogos mais aguardados do ano e para os clubes apenas seguem 11 mil bilhetes. Sporting, Benfica e Porto esgotam esses bilhetes, e acredito que muitos outros clubes, de forma muito rápida, embora os três grandes tenham mais gente que gostaria de estar presente.

O Sporting definiu ontem as regras de acesso à compra do tão importante bilhete. Concordo com a rapidez do comunicado, concordo quase a 100% com a medida de premiar a fidelização dos adeptos.

Mas, a fidelização dos adeptos não pode ser vista apenas e só pela Gamebox. Os que vivem longe de Lisboa ficaram, de certa forma, afastados dessa realidade e não são menos fiéis.

Vejamos o meu caso que este ano não tem Gamebox, embora seja sócio com quotas em dia. Fui a Alvalade uma mão cheia de jogos, pelo menos, e fora de casa, e isto sucede-se ano após ano, vou ao Dragão, Braga, Boavista, Barcelos, Paços de Ferreira, Arouca, Coimbra, Guimarães, Moreira de Cónegos e Vila do Conde. Pode-se dizer que sou fiel. Como eu, há centenas, milhares de adeptos que o fazem.

Como disse em cima, concordo com a forma de premiar quem é fiel, quem tem contribuído financeiramente para o clube, eu também o fiz e ainda recentemente gastei 70€ na Missão Pavilhão, fora as compras que fiz na Loja Verde, mas pode-se e deve-se ver a fidelização de outro prisma.

A fidelização do sócio deveria ter em conta todos estes aspectos. O Sporting é de Portugal e não apenas de Lisboa.

O que teria alterado nesta distribuição para o Jamor? Um percentagem, ainda que pequena, 25% talvez, deveria ser entregue, talvez de forma aleatória, a diferentes sócios que não morassem na Grande Lisboa. Ou por exemplo, premiar-se os Núcleos mais activos e que mais bilhetes venderam durante a época para os jogos do Sporting (fora e em Alvalade).

Podemos melhorar o critério todos os anos, pelo menos já foi a tempo, indicado o que será usado para a final deste ano e isso é bom. Tudo que venha a ser feito em diante, só tem de ser melhor!

1 comentário:

Aboim disse...

Compreendo que o mentor da Bancada de Leão tenha pena de não poder asistir (in loco) à final da Taça mas creio que, dada a exiguidade de bilhetes, alguns criterios tivessem que ser estabelecidos! Eu fiz-me sócio do Sporting com a única finalidade de, parcamente, ajudar o Sporting! Também não teria um bilhete para essa final se o pretendesse! Se o tivesse enviar-lhe-ia esse bilhete já que eu vivo longe demais de Portugal para ir ver um jogo de futebol! Espero que, apesar disso, continue a escrever "coisas" que motivem os sportinguistas. Hoje contra o Boavista, jogo a que assisti por live-streaming, pareceu-me claro que o golo do Boavista foi em fora-dejogo e que dois foras-de-jogo foram assinalados a jogadores do Sporting que estavam "habilitados" (como dizem os espanhóis! Por isso é fácil compreender que o Sporting seja uma das equipas com mais vermelhos! Acredito francamente que somos os mais prejudicados mas, pergunto-me, por que raio desde a Liga à Federação o Sporting terá que ser sempre o mais prejudicado! É sobretudo contra este estado de sítio que é necessário regir!