quinta-feira, 28 de maio de 2015

Paulo Pereira Cristóvão não é o Sporting! (II)


Do caso Paulo Pereira Cristóvão e dos seus desenvolvimentos só me interessa saber o que vai (ou pode) acontecer ao Sporting além do bom nome ferido em praça pública.

Não interessa que ele venha agora com conversas de chico-esperto, do coitadinho que não recebia nada pelo que fazia, até porque foi elemento integrante de uma das piores Direcções de sempre do Sporting. 

Posto isto, sobre este caso:

1. O bom nome do Sporting está manchado. O Sporting sempre se pautou pela diferença em assuntos desta natureza. Podemos ir ao Youtube e escrever escutas e estamos a falar do Porto, podemos ir ao Youtube e ouvir Luís Filipe Vieira falar sobre o controlo da Liga, mas o Sporting sempre esteve à parte disto. Agora, apesar deste episódio não ser comparável, é triste ouvir falar o nosso clube sobre os 2 mil euros na conta do árbitro.

2. Paulo Pereira Cristóvão ainda está a ser julgado e continuará a ser inocente até prova em contrário, mas o Sporting não pode só parecer, tem de ser, e por isso um pedido de expulsão de sócio numa AG não devia livrar-se!

De resto, mais nada a acrescentar deste caso até tudo estar terminado, tal como já tinha dito aqui.

Sem comentários: