sábado, 9 de maio de 2015

Sporting perdeu jogo 1, jogadores lutaram até ao fim!


O amigo Marco convidou para ir ao Dragão Caixa ver o Sporting no primeiro jogo da final do andebol, eu desafiei o Leão de Alvalade e marcámos presença para apoiar a nossa equipa.

Começar por falar do pavilhão, pois foi a primeira vez que lá entrei para ver um jogo. Fantástico, bem construído, com pormenores de muito bom gosto, muitíssimo bem enquadrado entre o estádio e a VCI, o que me faz pensar que aquilo tudo em verde ficará maravilhoso.

Quando penso nas perguntas que fazem aos jogadores de futebol como é jogar perante 40, 50 ou 60 mil pessoas, na pressão, há que lhes relembrar e mostrar o que é jogar em pavilhões completamente cheios e onde somos vistos como "inimigos". Os jogadores do Sporting foram bravos apesar da derrota, vendida cara em prolongamento.

Havia um espaço reservado a adeptos do Sporting, com presença de muitos adeptos entre os quais estavam Inácio e Bruno de Carvalho.

O jogo 1 apesar de tudo não correu nada bem, porque perdemos, na próxima quarta feira há novo jogo no Dragão Caixa, onde ficou a ideia que o Sporting tem equipa para lutar pelo título.

Nota final para dois apontamentos que aconteceram quando o jogo estava praticamente decidido e o Porto iria vencer. Pinto de Costa, que estava nos camarotes, esteve calmo e raramente se manifestou, quando o sofrimento acabou e a sorte tombou para o lado azul, levantou-se e começou a apontar com festejos em direcção a Bruno de Carvalho. Sabe bem perceber que o Presidente do Sporting mexeu com isto!

O apoio Portista no pavilhão foi forte, muito forte mesmo, obviamente suportado por maior número de adeptos, não percebi o porquê de cantar a música "Só eu sei porque não fico em casa" associada ao Sporting. É que os bravos estavam do outro lado, que saíram de casa e foram ver o Sporting!

Sem comentários: