quinta-feira, 18 de junho de 2015

Está na altura de esquecer o Inácio e falar no Jorge Jesus campeão no Sporting!


"O Campeonato que ganhou, como treinador, em 99/00, ainda está muito presente nos adeptos. O que as pessoas lhe dizem ainda hoje, passados tantos anos? Sabe, às vezes fico constrangido, porque não queria que as pessoas me fizessem essa observação. É mau sinal. Queria é que os Sportinguistas falassem do Campeonato que ganharam há dois anos ou este ano.

Claro que me deixou orgulhoso ser campeão 18 anos depois. Mas pertence ao passado. Fui o último treinador português campeão. Jesus é português. Está na altura de esquecer o Inácio e falar no Jorge Jesus campeão no Sporting. É isso que mais desejo."
Augusto Inácio em entrevista ao Jornal do Sporting

Quem costuma ler o que eu escrevo sabe que não "morro de amores" por Augusto Inácio. A sua passagem pelo Porto faz com que nunca o consiga ver como um verdadeiro Sportinguista. Mas não sou hipócrita e agradeço-lhe o título de campeão que quebrou o jejum e, mesmo achando que era o elemento mais fraco da direcção de Bruno de Carvalho, disse-o ainda em campanha, admito que seja um profissional apreciado na estrutura.

O Jornal do Sporting traz hoje uma pequena entrevista com Augusto Inácio, que, face ao que tem saído na comunicação social e das tentativas de o colocarem sempre contra Jorge Jesus, mostra porque, por vezes, precisamos de determinadas pessoas no clube como ele. Esteve bem nas respostas e na defesa do Sporting Clube de Portugal. A entrevista está na edição de hoje do jornal do Sporting!

Sem comentários: