quinta-feira, 27 de agosto de 2015

CSKA Moscovo 3-1 Sporting :: custa perder assim!


Está difícil passar esta azia tão forte que me atingiu ontem à noite quando soou o apito final do árbitro na Rússia. Já no fim de semana passado tinha referido que não queria estar constantemente a falar dos árbitros dos nossos jogos. Não está fácil. Fomos prejudicados nos dois jogos e há uma consequência directa desse prejuízo na nossa eliminação!

As consequências financeiras e desportivas de perder o acesso à fase de grupos da Liga dos Campeões são dramáticas. As financeiras podem ser combatidas por um bom desempenho na Liga Europa para minimizar o diferencial. Não é tudo, mas ajuda. Já as desportivas...não há palco como a Liga dos Campeões e ainda ontem discutia com um amigo meu como estavam organizados os grupos e a grande possibilidade de ver fantásticos jogos. Sai mais um kompensan!

Criticar Jorge Jesus hoje é quase tão patético como andar há algumas semanas com ele ao colo como se fosse Deus. Jesus fez em poucas semanas coisas muito positivas, já conquistou um troféu, tem para já o apoio total nas suas escolhas. E é por aí que vamos começar.

Quando se conheceu a equipa titular para o jogo, vi muita gente criticar a equipa escolhida. Ora pelo Slimani não estar em campo, ora porque estávamos com receio do adversário. Sinceramente, o que vi foi um reforço do meio campo, que, até ao intervalo, funcionou bem. O Sporting vencia por 1-0, belíssimo golo de Teo e tinha o pássaro na mão.

Mas não podemos criticar Jesus? Podemos. Como criticamos todos os treinadores dos nossos clubes. Somos "treinadores de bancada" para isso mesmo. 

A equipa entrou na segunda parte completamente confiante que o jogo estava arrumado. É a minha análise, mesmo agora passadas mais de 12 horas. Todos que andam no futebol, dentro e fora, sabem, que um equipa adversária pode estar até estar nas cordas, mas se há momentos que os faz reavivar e acreditar que tudo é possível, é marcar um golo no final da primeira parte ou logo nos minutos iniciais da segunda. Foi o que aconteceu.

O golo sofrido, o primeiro, é uma clara desatenção e que, apesar do cotovelo, não poderia nunca ser consentido. A lembrar aquele momento decisivo em Bilbao quando sofremos antes do intervalo e hipotecámos a ida à final da Liga Europa.

Mas vamos ao resto da segunda parte e é aí que me deixa ainda mais aziado. Sai mais um kompensan!

Sejamos honestos, o CSKA venceu-nos com 2 jogadores (e dois árbitros, ok). Uma equipa básica que com a sua arma, conhecida, arrumou uma equipa inteira do Sporting quando, a 45 minutos do final da eliminatória, estávamos a vencer por 3-1. Isso custa, e é aqui que Jorge Jesus falha neste jogo.

Aceito que ele diga que esperava pelo prolongamento para fazer as substituições, pois ainda faltaria meia hora de jogo, mas por outro lado, um equipa com uma defesa tão permeável, tão básica ao nível do processo ofensivo, estava a conseguir levar a melhor sobre um Sporting que tinha mostrado argumentos superiores em mais de 60% da eliminatória. Daí que este jogo tenha custado e colocado em causa como, apesar de nossa qualidade, possamos ter perdido com "este" CSKA. 

Perdemos e isso está a custar muito, árbitro, apagão de certos jogadores na segunda parte, decisão tardia para alterar as peças em campo em função apenas do terceiro golo sofrido, equipa que não consegue manter (ainda) o ritmo em mais de 50% do jogo e árbitro.

Custa muito perder assim, mas que seja uma oportunidade para perceber que o caminho é longo e sinuoso. Domingo há mais e Coimbra espera por nós!

1 comentário:

Bruno disse...

Acho INCRIVEL!! JA cansa a conversa dos abitros . o CSKA tambem tem um penalty a favor ca que ninguem fala.. O arbitro ontem fez uma bela arbitragem e esse lance a bola sai mesmo descreve o arco por fora da linha , semelhante ao golo anulado contra o Benfica , se os arbitros tivessem contra nao tinham levado ao desespero dos jogadores do CSKA, ontem as decisoes na maioria foram a favor do SCP. O Golo do DOumbia nunca e falta ele nao pode cortar o braço a bola e involuntaria se ele n tivesse ali o braço marcava com o peito , ja para nao falar que o Arbitro está tapado, por isso chega sempre que nao se ganha um jogo a culpa é do arbitro , a verdade é que se o arbitro quisesse prejudicar o scp o arbitro tinha marcado fora de jogo ao TEO porque ele está milimetros em fora de jogo. Devia preocupar é como uma equipa como o scp ja estando avisada no 1º jogo que os jogadores que deviam ser bem tapados sao os do meio campo que metem as bolas nas costas da defesa , e o sr JJ nao leva um unico medio deixando os 3 rebentarem , a vdd e q o Bruno Paulista o Jogador mais caro do scp a seguir ao Gauld nem aparece nas contas desta convocatoria. O scp tem razoes de queixa da arbitragem , mas dizer que ha um complot para prejudicar o scp seja a nivel interno ou externo , chega a tornar se ridiculo , senao vejamos se fosse assim : o jogo com o Benfica ha pelo menos um penalty a favor do Gaitan , no jogo com o Tondela ha um lance ilegal que o arbitro da penalty ao Scp no ultimo minuto e no jogo com o Paços bom so ve casos quem quiser mas o Joao Pereira nao pode fazer aquilo e ele faz penalty e que eu saiba nao ha nenhum penalty no jogo com o Paços de Ferreira a favor do Scp , discute se o cartao ao Slimani (mas ele foi protestar feito estupido) e ao Joao Pereira mas o jogo nao sao cameras lentas e o jogo corrido e um lance que na interpertaçao do abritro ainda pode ganhar a bola se n fosse atrasado pelo Joao Pereira e é falso que digam que o Patricio ja tem a bola nas maos , enquanto ao tempo de desconto foram 3 mas o scp era mais 1 2 minutos que ia mudar o que nao fez em 85? o denominador comum é que desde a pre epoca é que o scp nao anda a jogar nada e a ter muitas dificuldades contra os Tondelas desta vida e apostar a cartilha na arbitragem é querer arranjar desculpas e enfiar a cabeça na areia e nao assumir as responsabilidades e se formos continuar assim nao vamos evoluir .