quarta-feira, 5 de agosto de 2015

Cuidado com as aparências!


O Sporting defronta o Benfica no próximo domingo e vejo por aí muita conversa sobre as facilidades de uma possível vitória nossa. Calma com isso!

No domingo, como seria de esperar, é 50/50. Num campo neutro, com as bancadas divididas, a probabilidade de vitória é a mesma para cada um dos lados. Não considero que haja favoritos. É um derby, como tantos outros, onde as equipas se respeitarão mutuamente e onde, nesta fase da época, não há favoritos.

A pré-época vale zero!
Quando o árbitro apitar para se darem início os jogos oficiais, os nervos que até então não existiam, passam a ser parte integrante de um conjunto de jogos que terminam em Maio. A estratégias, que até agora faziam parte apenas do plano interno para cada treinador perceber com o que podem contar, terão de ser ajustadas à realidade que começará nesse dia.

Não vence nada a equipa que está em pior forma. Isso é simplesmente uma das maiores falácias que nos últimos anos tem sido dita em derbys e que não corresponde à verdade. Aliás, o Sporting tem estado muito pior que o Benfica nos últimos anos, e quais são os resultados? Uma quantidade de vitórias do nosso rival.

As aparências iludem e muito. O Benfica poderá ainda não estar a 100%, fruto de uma alteração significativa na estrutura técnica. Não vale a pena negar, perdeu o melhor treinador nacional. Mas a equipa, o 11 que entrará em campo, não estará assim tão longe daquele que foi campeão nacional.

O Sporting, também apresentará uma base muito interessante e que foi fundamental em alguns jogos da época passada, com capacidade para discutir com qualquer adversário nacional (principalmente Porto e Benfica) a vitória. Os reforços que chegaram, com a devida adaptação que terão de passar e com a competição a sério a começar, só a partir desse momento é que mostrarão o que valem. Há algumas garantias que poderão ser mesmo reforços, mas para já, a única certeza que temos, é que o treinador é o melhor que podíamos ter e já houve ténues indicações disso na forma como nos apresentámos diante da Roma. Um exemplo simples de analisar desse jogo, a forma como jogaram os extremos.

Reforço o que disse em cima, é 50/50. As aparências iludem. Olha, ainda ontem o Rapid Viena eliminou o Ajax e que nos deu um certo jeito para que na próxima sexta sejamos cabeças de série no sorteio da Liga dos Campeões. O que esperavam a maior parte dos Sportinguistas? Que fosse o Fenerbahce a dar essa "ajudinha".

A única certeza que iremos ter no domingo, é que o Sporting entrará em jogo para vencer. Isso, por si só, já é muito importante. Mas vantagem sobre o Benfica? Nenhuma!

Sem comentários: