quinta-feira, 6 de agosto de 2015

Mitroglou interessava, obviamente!


É estúpido achar-se, porque não vem para o Sporting, que o Mitroglou não é bom jogador. É, e seria uma contratação muito interessante. Mas vamos separar por partes o assunto.

Atrasos
O Sporting tem demorado, a fazer fé nas notícias dos jornais, a fechar as negociações com os jogadores. Acredito, e até prova em contrário mantenho, que tudo isso estará relacionado com a dificuldade que é para um clube que ainda há dois anos estava completamente falido, tem em oferecer bons contratos aos jogadores e, obviamente, em alguns casos pagar bem ao clube de onde ele vem.

Rigor
O Sporting tem de continuar a manter a linha de rigor financeiro que está a ser seguida desde a chegada de Bruno de Carvalho. Não quer dizer os investimentos, aos poucos, não vão subindo de degrau. A aposta em Jesus mostra que o clube acredita muito no treinador campeão nacional, nesse aspecto investiu-se mais num treinador em relação ao que tem sido o passado recente. Opções, que se avaliam no final.

Mas no que respeita aos vencimentos dos jogadores e ao que o clube tem disponível para comprar ou pagar empréstimos, parece-me claro que os tectos estão definidos e não há desvios. E, deixem-me que diga, que em alguns casos, o ego do Presidente não permitiria que uma contratação se afastasse dos valores que estariam pensados inicialmente.

Desportivo
Mitroglou seria um ponta de lança importante para a máquina de golos que esperamos e desesperamos que regresse a Alvalade. Entraria em choque com Slimani? Não creio, eventualmente seria um concorrente à altura. Slimani tem 25 golos nas duas últimas épocas, Mitroglou tem 38. O Sporting no 4-4-2 de Jorge Jesus, na frente de ataque tem soluções, no 11 titular e no banco, para todas as posições, menos na de ponta de lança com estas características.  

Acresce ainda o problema que não sabemos se Slimani ficará em Alvalade ou não. Para já tudo indica que sim, mas há muito interesse lá fora em levar o argelino. Certeza porém, que se Slimani sair, alguém terá de fazer a sua posição, no mínimo, e "garantir", pelo menos 20 golos. E isso não é fácil encontrar.

O grego era um bom jogador para nós. Falhou a contratação, provavelmente e ao que tudo indica, por razões financeiras. Aceito que não devemos entrar em loucuras que não podemos cumprir. Se só temos dinheiro para um fato da "Massimo Dutti", não podemos andar a vestir Hugo Boss (as marcas são apenas exemplos). 

Agora não vamos entrar em depressão só porque falhou outra contratação. Eu prefiro esta situação actual que vivemos, em que entram uns e falham outros, mas que se percebe que a equipa está a ganhar qualidade, que andar até ao último dia do mercado de transferências e ver inscrito na Liga jogadores como o Tales.

Sem comentários: