sábado, 26 de setembro de 2015

O aniversário do Solar do Norte e a boa notícia!


O Solar do Norte festejou 25 anos. Só por isso, já mereciam e muito os parabéns de todos os Sportinguistas. Mas o Solar do Norte, representa muito mais que um núcleo do Sporting no Porto. Muitos continuam sem saber que aquele edifício, que foi inaugurado por Sousa Cintra, é propriedade do clube.

Ser Sportinguista no Norte, principalmente no Porto é muito complicado. Os últimos 30 anos, de domínio quase avassalador do Porto, leva a que só alguns, muito poucos, continuem a resistir a uma "luta" tão grande como a que continuamos a travar todos os dias.

Há 6 anos, se não me falha a memória, o Carlos e o Diogo (e o Gabriel, e tantos outros que foram referenciados na festa), levantaram das cinzas, permitam-me que diga assim, aquele que é o bastião do Sportinguismo na segunda cidade do país, mas onde mora o líder incontestado (e não vou entrar em guerras de bastidores) do futebol nacional. É contra isso que lutamos todos os dias.

Daí que faça uma crítica, apesar da Fundação Cupertino Miranda ter enchido, que os Sportinguistas que vivem no Porto não podem aparecer só na hora das vitórias, como aconteceu em 1999, 2001 ou 2002. É preciso estar ao lado do clube, esqueçam por um momento as direcções, os problemas, as divergências e tudo mais, sintam e vivam o Sporting Clube de Portugal no Porto.

Estiveram presentes Jaime Marta Soares, presidente da mesa da assembleia geral, Bruno Mascarenhas, vogal da direcção e que faz a ligação com os núcleos do Sporting, Sara Moreira, atleta do clube, Inácio e José de Pina, humorista. Também, muitos núcleos de outras cidades do norte: Vila do Conde, Póvoa de Lanhoso, Vila das Aves, Matosinhos e faltará com certeza mais alguma.


Foi uma festa cheia de Sportinguismo e que merece realçar dois apontamentos interessantes. O primeiro, durante o discurso de Jaime Marta Soares, o facto de ele avançar que o Sporting tinha já pago o futuro pavilhão. Claro que já hoje, a cambada dos anti já fumega e só sabe falar de Poiares. Haja paciência!

A segunda, para mim a melhor notícia da noite, uma dura batalha de muitos anos do Solar do Norte. O edifício que fica no Bonfim é do Sporting. Está velho e só se tem aguentado pela boa vontade de quem diariamente mantém uma luta contra todas as adversidades. Finalmente vai ser intervencionado pelo clube. O Sporting vai, finalmente, fazer obras de remodelação totais no edifício. Para se ter noção disto, é algo que o Solar tem-se debatido com diversas direcções, e só agora, depois um caderno de encargos rigoroso, é que a direcção presidida por Bruno de Carvalho deu luz verde para a obra. 

Finalmente, o Solar do Norte vai ter uma casa como merece, para continuar a receber os Sportinguistas do Porto (e todos os outros, obviamente) como todos merecemos e continuar assim o bom trabalho que ainda na última Gala mereceu a distinção.

Viva o Solar do Norte, viva o Sporting Clube de Portugal!

Sem comentários: