quarta-feira, 28 de outubro de 2015

Humildade sim, unidade já existe há muito!


O derby já lá vai e o foco do Sporting é o próximo jogo para a Liga contra o Estoril. São 3 pontos absolutamente tão fundamentais como os do jogo do passado domingo. A responsabilidade terá, provavelmente, aumentado com o empate caseiro do Porto e com a liderança isolada que o Sporting conseguiu.

No sábado o mote já foi dado pelo clube: #EncherAlvalade. Os sócios e adeptos do Sporting são estrategicamente importantes para uma partida em que pela primeira vez esta época defendemos a liderança e mostramos de que raça somos.

Os Núcleos pelo país fora estão já em movimentações para que 40 mil seja o número mínimo de espectadores para este jogo. Aliás, aproveito para lembrar que o Solar do Norte está a preparar a excursão a Alvalade.

Mas devemos respeitar e muito o adversário e é contra alguma animação pela vitória contra o eterno rival que o Sporting, internamente, terá de lutar e resfriar os ânimos. Ao esforço, dedicação, devoção para atingir a glória adicionemos também a humildade.

O Sporting está claramente unido em torno dos objectivos que foram definidos no início da época, e o no médio/longo prazo pela Direcção. Raramente refiro outros blogues leoninos, principalmente os do contra. Gosto de os ler, pela importância da discussão democrática do Sporting, dois deles estão bem identificados, o Dia do Clube e o Camarote Leonino, e é sobre uma frase deste último que quero relacionar com este post,"E se Bruno de Carvalho aproveitasse... A vitória no Estádio da Luz e o primeiro lugar na Liga para promover uma maior unidade entre os sportinguistas ?"

Às vezes parece que vivo numa realidade paralela, porque não percebo esta promoção de maior unidade. Só se efectivamente chegarmos a uma falsa unidade, de 100%, ao estilo de um regime ditatorial que, tantas vezes naquela blog se critica.

O Sporting não ganhou ainda nada de relevante em termos desportivos, mas não tenho dúvidas que uma fatia muito grande de Sportinguistas está contente com o trabalho desenvolvido por esta Direcção ao longo do mandato que já vai no terceiro ano e, certamente, pelo trabalho desportivo que até ao momento tem sido liderado por Jorge Jesus.

Daí que, a unidade que tanto se apregoa nessa frase só pode ser para os que, constantemente, têm vindo a público falar mal de tudo o que o Sporting faz e que, agora, lembraram-se que a melhor forma para não enfiarem o barrete é apelar a uma unidade que já existia e que continua a existir. 

6 comentários:

António Gomes disse...

Esta foi bem metida :-)

Juntava era mais um ou dois escribas do "A Norte de Alvalade" principalmente o virgilio, e de alguma forma em menor escala o leao de alvalade, e do "Fonte Segura" o leao revisor e o sportinguista.

Bancada de Leão disse...

Obrigado António,

Eu não falei do A Norte de Alvalade porque sou amigo do mentor do projeto, e apesar de não concordar com o que ele diz, em muitos casos, sei que é um genuíno Sportinguista, aliás, vou muitas vezes com ele à bola.

Já o Virgílio, de quem sou amigo também, é mesmo contra esta Direcção.

SL

Diogo Marques disse...

Mais Sportinguistas que os do camarote, do anorte e do fontesegura, só me ocorre a leonor pinhão e o gomes da silva

Só uma pergunta, há quanto tempo é que o virgilio (visto que o conhece pessoalmente) está desempregado?

António Gomes disse...

@Bancada de Leão

Eu sei que és amigos deles, já deu para perceber em textos deles e teus :-)...

E compreende-se assim as tuas reservas para criticá-los. Eu ao falar no blog deles só tive por objectivo equiparar o que escreveste para mais um conjunto de escribas, ou seja complementar o teu texto no conjunto de blogs ou sites que leio.

@Diogo

Por muito que a gente não goste do que alguém escreve temos de ter cuidado, especialmente se a não conhecermos, naquilo que escrevemos sobre ela. Sendo assim acho o seu segundo parágrafo um bocado exagerado e sem sentido.

SL

grandeartistaegoleador / disse...

O que mais me chateia é ver que nem o 1º lugar mobiliza por forma a encher Alvalade. Há excursões canceladas por falta de adesão e outras com dificuldade em encher um autocarro, para além dos Sportinguistas da Grande Lisboa, que teimam em não sair do sofá.
Eu, sairei do Porto em direcção ao Estádio do Maior de Portugal!

António Gomes disse...

Qd eles quiserem ir já não haverá lugares...