quinta-feira, 5 de novembro de 2015

Skenderbeu 3-0 Sporting :: desastroso!

foto: AFP/Gent Shkullaku

Depois da eliminação da Liga dos Campeões deste ano, perante o CSKA e da forma como aconteceu, tinha decidido que não iria entrar em estados ansiosos pré-jogo europeu e que teria de levar as coisas de uma forma mais calma. A razão principal é que Jorge Jesus tinha bem presente qual o seu objectivo para este ano, a rotação de jogadores era evidente e a derrota em casa com o Lokomotiv deu-me razão.

No entanto, seria hipócrita se não dissesse que, nos jogos europeus, a atitude tem de permanecer a mesma de sempre: vencer e no mínimo honrar a camisola do Sporting. Ora, nem uma coisa e muito menos a outra. Os jogadores não foram à Albânia e apesar de perceber o que Jorge Jesus disse no final do jogo, que a equipa só iria chegar na sexta às 6 da manhã e que os jogadores só no sábado iriam treinar, isto com um jogo no domingo, é importante que os responsabilize.

Não foi porque não jogámos nada que perdemos. Foi, essencialmente, porque não entrámos em campo. Custa perceber como os jogadores que querem uma oportunidade no 11 titular, tenham sido tão displicentes. Retiro deste lote Tanaka, pois o tempo que esteve em campo não justifica uma análise idêntica aos restantes companheiros.

Há um problema grave no Sporting de identidade perante as competições europeias e não é de agora. O Sporting não vence fora desde Setembro de 2011 quando derrotámos o FC Zurique por 2-0, golos de Insúa e Wolfswinkel.

Para um clube com os pergaminhos do Sporting e que pretende entrar com regularidade na Liga dos Campeões, com outra qualidade de futebol, não pode estar há 17 jogos sem vencer um qualquer adversário adversário desta europa futebolística. E por muito que nos custe, derrotas deste calibre já lá vão umas quantas, Videoton, Gençlerbirliği (em Alvalade) e agora o Skenderbeu, só assim de repente.

Da justiça da vitória dos albaneses nada a dizer, aguardemos que o desânimo que este jogo provocará não seja contagiante ao ponto de afectar os 11 que em Arouca defendem o primeiro lugar do campeonato e a prova que promove todas as alterações que hoje foram visíveis.

1 comentário:

bala kov disse...

Nao entendi como jogadores que apenas teem sido usado na liga europa e taca de portugal nao tenham treinado na albania sequer.E a passividade de JJ perante o desenrolar do jogo tambem me gera duvidas sobre se ele sabe do lema "Queremos que o sporting seja tao grande como os maiores da europa".Muito triste e desanimador pois os jogadores que jogaram tinha mais que qualidade para vencer esta partida.JJ tem melhorar tambem,nao sao apenas os jogadores.SL