sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

A mentira de Rui Gomes da Silva não pode passar em claro!

imagem: @captomente via twitter

Kelava, Vida, Vrsaljko, Ibáñez, Ademi, Calello, Badelj, Kovacic, Sammir, Leko e Becirj, entraram Pokrivac, Alispahic e Situm.

Esta foi a equipa do Dínamo Zagreb que foi derrotada pelo Lyon, 1-7, na Liga dos Campeões e que suscitou muitas dúvidas quanto ao que se passou dentro de campo.

Esta semana, Tonel foi autenticamente arrasado pelos adeptos rivais, principalmente, mas esses até compreendo, o futebol é irracional, fosse ao contrário e estaríamos a fazer o mesmo desde que isso não interfira com a vida pessoal do jogador. Mas, Tonel, foi também arrasado por alguns artistas que têm demasiado tempo de antena e acham que são mais espertos que os outros.

Rui Gomes da Silva é um destes casos e que, Dias Ferreira, esta semana por causa deste episódio e de umas declarações do dirigente Benfiquista no programa televisivo onde habitualmente diz uma quantidade incrível de disparates, apelidou de "canalha".

Rui Gomes da Silva não sabe quando parar, atira para o ar e espera que não lhe acertem, e hoje na A Bola, na sua verborreia habitual atira "Tonel participou num dos jogos que mais suspeitas levantou do ponto de vista das apostas ilegais - o inesquecível Dínamo de Zagreb-Lyon, em 2012, onde a equipa de Tonel apesar de estar a ganhar 1-0 ao intervalo, foi despachada com o resultado de 1-7 final."

É vergonhoso que num jornal com a dimensão da A Bola esteja uma mentira enorme e que esta até tenha passado a quem edita o jornal. Claro que é uma opinião pessoal, mas Rui Gomes da Silva mente, acusa, deturpa a verdade e não poderá passar incólume numa situação destas.

Se Tonel, no início da semana já tinha avançado com uma queixa e pedido de indemnização para entregar a uma instituição de caridade, agora, este episódio triste e lamentável de Rui Gomes da Silva só vem reforçar a necessidade de restabelecer a verdade de um profissional que ao longo dos anos tem sido íntegro e nunca colocado sob suspeição. Tonel nunca foi um pau mandado ao contrário de outros que na televisão falam o que o dono diz para falar!

3 comentários:

Unknown disse...

Tenho que dar razão, apesar de ser contra a violência que quem teve razãof foram uns Srs. quando o apanharam a comer num restaurante no Porto e lhe deram umas carícias a alta velocidade...!

Inocencio Ferreira disse...

Esse homenzinho deveria ter vergonha pelas mentiras e pelo odio que destila pela sua boca. O coitado nem sequer pensa como as pessoas reagem com os seus próprios filhos que devem estar cheios de ser envergonhados pelo péssimo comportamento do pai. Lamento ainda que se dê tempo de antena a um talibã como ela.


conana disse...

Unknown, julgo que essa história da agressão é uma invenção do anão disforme. Parece que se quis vitimizar de um cagaço que lhe pregaram. Aliás, se alguém lhe ferra um estalo acaba com ele. O que não deixava de ter o seu interesse, diga-se...