terça-feira, 8 de dezembro de 2015

Bruno de Carvalho em destaque na FourFourTwo


Na edição de Janeiro de 2016 da popular revista inglesa de futebol FourFourTwo vem uma peça sobre Bruno de Carvalho e as suas batalhas a que chamam "Bruno's Biggest Bust-ups"!

As "guerras" destacadas começam nos árbitros, onde a referência a um "presidente que não é normal, senta-se no banco e até ajuda o lesionado Aquilani" e que a seguir ao jogo contra o Boavista disse que "os árbitros têm um ego do tamanho do mundo".

A seguir a cada guerra, que destacam, emitem um pequeno veredicto.

Depois segue-se o Benfica. Começa pela contratação de Jesus, pelos vouchers e as implicações do clube rival aos árbitros e onde os ingleses são peremptórios a afirmar que, apesar de uns "socos leves", no veredicto final Bruno de Carvalho vence aos pontos pelos 3-0 contra o Benfica dentro de campo esta época.

A guerra com Shikabala não é esquecida e aqui todos sabemos o resultado final: ainda ganhamos dinheiro com o negócio.

Depois segue-se Marco Silva e a referência ao fato oficial que não foi vestido. A guerra com o Porto, onde evidenciam a piada que Bruno de Carvalho fez com o pai que adora, com 80 anos, mas com as suas dificuldades comparando-o a Pinto da Costa e os ingleses avançam para um veredicto ao nível de Larry Holmes vs Ali, "Bruno waited until Pinto da Costa grew weary, then wore him down to secure a late stoppage".

Não é esquecida a recente guerra com Carlos Pereira, Presidente do Marítimo, sobre a contratação de Danilo, aqui numa referência à prostituição que é igual nas ilhas como no continente.

Depois segue-se a guerra contra os jogadores do clube, Bruma, Rojo, Dier, Carrillo, é engraçado que os ingleses dizem que o veredicto é "Bruno by knockout, using power to subdue his opponents - and Ed Woodward".

Para o final fica a guerra com Elias e a sua saída para o Corinthians.

Sem comentários: