sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

Um clássico da Sábado: falar mal do Sporting!


A revista Sábado, principalmente nos últimos meses, sempre que pode colocar o Sporting na capa e se for para denegrir, não pensa duas vezes.

A edição desta semana não falha.

Vejamos que o assunto é pertinente. Sem dúvida. Todos nós sentimos na pele os problemas do BES, BESA e afins. Dos Salgados e companhia, desejamos que a justiça funcione e, havendo razão, os coloque atrás das grades.

O tema desta edição está relacionado com as transferências que foram executadas da BESA e que muitas vezes o BES não detinha a informação necessária para dar seguimento à mesma e por aí fora.

O Banco de Portugal, no seguimento de um processo de contra-ordenação, pediu à Deloitte para analisar e foi a esse estudo que, supostamente, a revista Sábado teve acesso.

As grandes transferências analisadas tinham 13 destinos diferentes: do Banco Privée Espírito Santo (52M€), Savoices Corporate (20 M€), Pineview Overseas (23,7 M€), Allanite Ltd (13,5 M€), entre outras, passando pelo Sporting (13,5 M€).
No nosso caso específico duas transferências em 2011 e 2012.

Então quem é que a Sábado coloca na capa?

As duas caras do problemas, a frase sujo e as empresas envolvidas e relatadas pela Deloitte? Hum, não...vamos colocar o Sporting. Claro!


A imagem que está aqui em cima é a parte em que se fala do Sporting. Numa reportagem de 9 páginas é isto que se fala do Sporting. São dúvidas e mais dúvidas. Mas da ligação ao Banco sujo isso já ninguém nos tira. Qual BPN e Filipe Vieira, qual carapuça, mal se percebe o que o Sporting poderá ter a ver em relação a isto tudo, mas vale a pena espezinhar mais um pouco. Dá jeito!

A Sábado é da Cofina. Isso chega. Mas também digo algo que nem todos podem escrever ou dizer: investiguem, porque na realidade é o que o nosso clube actualmente mais pretende fazer. Investigar, mas investiguem todos!

2 comentários:

António Gomes disse...

"A Sábado é da Confina." ultimo paragrafo: Cofina*****

;-)

Bancada de Leão disse...

Obrigado