domingo, 20 de março de 2016

Sporting 5-1 Arouca :: continuar a lutar


A união entre o clube e os seus adeptos mostrou, ontem, em Alvalade, que o Sporting está bem e recomenda-se. Foram 46 mil nas bancadas, milhares no país e mundo, que assistiram, e vibraram de uma forma incrível que há muito não se via para os nossos lados, a uma vitória sem contestação por 5-1.

A união, volto a frisar, mostra que os adeptos ainda não estão preocupados com as eleições que em breve virarão tema de conversa habitual. O título, a difícil luta pelo título, é o ponto principal. Falar de outra coisa, nesta altura, não faz sentido. Tudo tem o seu tempo!

Vencemos de forma categórica. Destaco neste jogo três jogadores. Ruiz, que voltou aos golos, e acaba com um período negro que assombrava a qualidade do seu futebol. Teo, que voltou aos golos e calou alguns e Schelotto que há quem ainda não perceba a sua qualidade.

Do episódio de Slimani e Jorge Jesus há pouco a dizer. O argelino quer jogar sempre e deixa tudo em campo. Sair de campo, não faz nesta altura, parte dos seus objectivos. Jorge Jesus é quem manda. Acho que exageraram os dois, mas, em última instância, há um líder e esse é decide quem joga. Critico apenas o tom das palavras após o jogo, deixaria isso para o balneário e para a privacidade com que deviam ser tratados. No entanto, é um não caso.

Escrevi o texto apenas depois de conhecer o resultado do Benfica. Venceram no último minuto de descontos no Bessa, onde nós falhámos, na altura a liderança isolada, e onde mantinha alguma esperança que eles hoje falhassem, até porque durante a semana percebeu-se que estavam a facilitar muito perante um adversário que todos acham fraco, mas que tem sempre algo a dizer em momentos como este, embora admita que não tenha visto o jogo, logo não atesto a qualidade em campo de ambas as equipas.

Vai continuar a ser uma luta complicada, não podemos desistir e resta-nos continuar a fazer o nosso trabalho como ontem aconteceu, mas admito que havia uma réstia que hoje eles falhassem e a pressão pudesse aumentar.

A união verde que ontem esteve presente em Alvalade terá de continuar nos restantes 7 jogos, desistir não faz parte deste caminho e falar dos erros do passado muito menos. Olhar para a frente e fazer o nosso papel em campo é fundamental, já que nas bancadas isso está assegurado!

Palavra final para a brilhante campanha que o Sporting organizou contra a contrafacção. Se dúvidas ainda havia que estamos a fazer um trabalho muito melhor que no passado, ao nível de marketing, redes sociais e afins digitais, ontem, mais uma vez, foi atingido o objectivo. Durante 45 minutos não se falou de outra coisa. Todos. Até os rivais. Parabéns!

2 comentários:

Celso Araujo Martucho disse...

Quando falas dos adeptos não fales apenas dos que foram ao estádio ou dos que vivem em Portugal, porque existe SPORTINGUISTAS em toda lado e nem são Portugueses como é o meu caso mais amo o SPORTING que so Deus sabe.
Quanto ao apoio tem sido assim pelo mundo fora com muitos mais muitos SPORTINGUISTAS a desejarem o título e a seguirem a equipa.
De todos os jogadores o que mais me da garantias actualmente e o Adrien o rapaz tem jogado que se farta não é mágico com Ruiz e J Mario, não é letal como Slimani, não e driblador como Gelson ou Matheus mais é um Leão como poucos e um capitão como deve.

Bancada de Leão disse...

Tem razão Celso, irei até emendar para referir os que estão espalhados pelo mundo e por vezes nos esquecemos.

SL