sábado, 23 de abril de 2016

Jorge Jesus do Porto à conferência de imprensa em Lisboa


Jorge Jesus é e será sempre um alvo fácil de crítica. A falta de humildade e o sucesso desportivo são mais que suficiente para angariar quem o ame muito e o deteste. Felizmente os que adoram o seu trabalho são muito mais que os restantes, mesmo com os acontecimentos do verão na passagem do Benfica para o Sporting.

É um alvo fácil e esta semana visado em dois temas.

O primeiro relativamente à ida para o Porto. Tenho repetido por diversas vezes que até Maio, e nos próximos, agora, 4 jogos, é seguro que Jorge Jesus continuará a fazer aquilo que sabe muito bem e o Sporting não terá de recorrer a ninguém para o substituir (inserir gargalhada). É interessante até, ter visto Bruno de Carvalho dizer para um jornalista "você garante que está vivo daqui a 5 minutos?", seguido de um "claro que continuará".

Ora, é certo que continuará e será o desejo do Sporting, mas, se alguém bater a clausula e o contrato for vantajoso para Jorge Jesus, não tenho dúvidas que ele equacionará essa movimentação.

Como não há dúvidas que Pinto da Costa o contactou desde que está no Sporting. Há quem garanta que eles até falam regularmente e como bem sabemos, o Presidente do Porto precisa de apostar forte na próxima época para continuar a poder camuflar as comissões.

Duvido, nesta altura, que tenha havido uma proposta formal, mas, já no passado, no Benfica, Pinto da Costa por duas vezes que tentou contratar Jorge Jesus. E nunca foi um problema para o nosso rival que continuou a sua senda vitoriosa.

Jorge Jesus não irá nunca abdicar de procurar aquilo que considera ser o melhor destino profissional para ele, mesmo tendo uma paixão pelo Sporting. E mesmo quando se transferiu para o Sporting, naquela célebre frase de Bruno de Carvalho que diz, "foi tudo em 48 horas", é óbvio que já antes Jorge Jesus estava a par de tudo e havia contactos, ainda que informais, para perceber o que poderia ser a mudança que acabou por acontecer em Agosto. Ele está sempre atento!

Só agora no Sporting se vai fazendo um filme com esta possível movimentação. No entanto, é treinador do Sporting e vai lutar até ao final pelo título, de forma profissional, pois só sabe ser assim.

Por fim, neste assunto, dizer que acredito que Jorge Jesus continuará no Sporting, independentemente do título conquistado, até pelas contratações que vão sendo feitas, e é, neste momento, a melhor opção para que o Sporting continue com bons resultados desportivos à procura da consolidação de títulos.

O segundo tema passa pela conferência de imprensa de ontem. Eu, pessoalmente, não a tinha formalizado daquela forma. Falaria mais do jogo de hoje e poderia a espaços dizer algo desse tão falado golo do Slimani, talvez o mais comentado da história do futebol nacional Limpo, já agora.

Mas, Jorge Jesus sempre foi assim.

A parte em que se refere à "playstation", um clássico, mostra porque é o maior. O maior a borrifar-se para o que os outros pensam, na sua atitude, a perceber de futebol em Portugal, já o dizia quando estava no Benfica e continua a sê-lo. 

Jorge Jesus nunca foi humilde. Porque razão iria sê-lo no Sporting?

E eu até aceito que há declarações dele durante a época que eu preferia que ele não tivesse feito, mas no passado, quando eram as "brincadeiras" dos 4 dedos ao Manel Machado, os óculos ao Tim Sherwood e por aí fora...era o delírio e ninguém queria saber da humildade dele. Vídeos e vídeos a mostrar o génio!

Ele está lá para treinar. Continuo a dizer que preferia que ele tivesse tido algum cuidado com certas declarações em relação ao colega de profissão Rui Vitória, até porque é um treinador respeitador e com uma posição muito certa no futebol, mas, não venham cá com tangas de colocar em causa o seu trabalho e ficarem ofendidos ou achar-se ridículo a forma como ele vibra nestes momentos.

Ele foi contratado por ser bom e uma peça importante para voltar ao caminho das vitórias, não justifica tudo? Claro que não, e os defeitos de agora, são os mesmo que vêm desde...sempre. Acha-se melhor do que aquilo que é? Provavelmente...mas não via ninguém preocupado com isso, nem se faziam dramas no passado. 

Jorge Jesus foi a melhor contratação da era de Bruno de Carvalho. Tem contrato por 3 anos, pago muito bem, espero que o cumpra. Quem não achar tem eleições em Março de 2017 ou espera pela avaliação no momento certo e sem precipitações.

3 comentários:

Unknown disse...

Dizer que o golo é limpo poderá servir agora mas irá retirar margem de manobra quando se pretender criticar golos ilegais dos rivais. Sou da opinião que è sempre melhor assumir que umas vezes somos prejudicados, outras beneficiados, pois isso ajudará a fazer a diferença.

Sportinguista activista disse...

Depois de tantas provas, inclusive uma em 3D de que o golo é legal, nenhum Sportinguista sério iria afirmar que o golo é ilegal! Tu ou és venfique ou és croquete!

Rute Rockabilly disse...

As leis do jogo são bem claras na lei do fora de jogo: em caso de dúvida deve ser dado o benefício à equipa atacante.

Dito isto, parece claro que o lance (na pior das hipóteses!) se enquadra nesta situação...

Relembrar que houve 2 lances deste tipo, num o Sporting foi "beneficiado", noutro prejudicado (golo do Téo).

E já agora comparar esta arbitragem com aquela em guimarães que errou 3 vezes, sempre para o mesmo lado, perdoando 3 penalties ao Carnide...