sábado, 23 de abril de 2016

Sporting 2-0 União da Madeira :: tranquilo!


O futebol português está de luto pela morte do jovem jogador do Vitória SC emprestado à Oliveirense, Diogo Gomes, vítima de um acidente de automóvel. Os meus mais sentidos pêsames à família!

Entrámos na fase absolutamente decisiva do campeonato. Hoje, véspera da deslocação ao Dragão, e da viagem do Benfica a Vila do Conde, entalados com a derrota na primeira volta num jogo atípico na Madeira, era crucial vencer e, se possível, descansar para a batalha do próximo sábado.

Felizmente, esta equipa está a habituar-nos a outro nível competitivo e arrumamos o jogo em 19 minutos. Na 24ª vitória do campeonato, com 77 pontos conquistados e para já a presença assegurada na Liga dos Campeões do próximo ano, este Sporting faz-nos acreditar que é possível ser campeão.

A partida dificilmente poderia ter melhor começo. Cruzamento largo de Marvin a que Teo correspondeu da melhor forma com uma cabeçada sem grandes hipóteses para Gudiño. O atacante Colombiano desde que regressou da praia, onde apanhou muito sol, parece imparável na marcação de golos. Às tantas instalamos um solário em Alvalade que poderá ser muito útil para os últimos 3 jogos. Os assobios desapareceram, sempre que Teo tocava na bola, e a teimosia de Jorge Jesus deu o resultado esperado. O que dá para pensar, como teriam sido alguns jogos do Sporting, com problemas de eficácia, se Teo tivesse com a cabeça no lugar?

Foi preciso apenas esperar mais 12 minutos para que o Sporting marcasse o segundo golo. Schelotto cruza para a área onde não chega ninguém, Marvin do outro lado volta a insistir para João Mário fixar o resultado em 2-0!

A partir deste momento, e perante a inoperância normal da União da Madeira, o Sporting descansou e fez descansar com vista ao clássico do próximo sábado. Bryan Ruiz não foi titular e entrou aso 58 minutos, Bruno César saiu para entrar Gelson e Slimani, aos 79', e depois de mais de 1.000 minutos à bica do quinto amarelo, tempo que continua a contar, foi substituído por Barcos.

A vitória foi calma, nunca colocada em causa e sem casos.

Não queria focar muito nas individualidades, mas referir que Coates, por 5 milhões, volto a dizê-lo, é de borla. Segurança defensiva como há algum tempo não se via em Alvalade.

Muito se tem falado das contratações do Sporting mas há que dizer que Marvin, Coates, Ruiz, Semedo (regresso), Schelotto (tanta gente que vai sendo calada), Teo e Bruno César...assim de repente foram excelentes aquisições pelo clube e que seria muito importante mantê-los para a próxima época. Acredito que alguns deles, têm, com JJ, muito ainda para dar e mostrar de leão ao peito.

Agora sentámo-nos no sofá e calmamente assistimos ao que o rival fará no domingo em Vila do Conde.

Os bilhetes em breve serão serão colocados à venda para a deslocação ao Estádio do Dragão e é importante que façamos a nossa parte: apoiar o Sporting num dura batalha até que a voz nos doa!

Palavra final para os 44.719 adeptos que marcaram presença em Alvalade: obrigado!

2 comentários:

António Gomes disse...

sobre a ultima frase: Não tens de quê ;-)

Agora o norte a invadir o dragão...

Bancada de Leão disse...

António Gomes...lá estarei! :)

SL