quarta-feira, 7 de setembro de 2016

Do I a William, uma resposta forte!


Nestas alturas em que o campeonato nacional tem uma pausa, normalmente para compromissos relacionados com a Selecção Nacional, a minha tendência é desligar-me um pouco do show-off que por aí deambula, principalmente porque para a comunicação social, paineleiros e afins agentes de informação, há menos notícias relacionadas com futebol, aquilo que verdadeiramente interessa, e aparecem os "supostos" casos.

O Sporting nestes últimos dias, com incidência particular no dia de hoje, foi "atacado" em dois não assuntos, que na minha opinião, mereciam respostas ainda mais assertivas e fortes por parte do clube, uma mais séria, outra, provavelmente, em tom de brincadeira.

Comecemos pela capa do jornal I de hoje, "Bruno de Carvalho chama as claques para julgar ex-presidentes".  É um ataque baixo, não documentado e acima de tudo falso na forma como é colocada na capa. 

Na questão que deriva da promessa eleitoral que foi a auditoria, cumprida por esta direcção, eu sei que por vezes não entra na cabeça das pessoas que se cumpram promessas eleitorais, em Assembleia Geral, o Sporting, decidiu criar uma comissão que vai de encontro à equipa de acompanhamento do Tribunal Arbitral. Nesse sentido, a dita comissão, será constituída por diferentes entidades que compõe o Sporting Clube de Portugal onde se destacam o : Grupo Stromp, os Leões de Portugal, o Conselho Leonino, a Direcção, o Conselho Fiscal, a Mesa da Assembleia Geral, os Grupos Organizados do Sporting e outros mais.

Eu percebo que faça confusão a algumas pessoas o tema claques. Elas existem, com um papel importante na vida de um clube, com problemas como tantas outras entidades na vida do Sporting, e que têm o direito, na minha opinião de ser ouvidas como todos os outros grupos em cima enumerados. Os sócios foram os primeiros a ser ouvidos e deliberaram nesse sentido.

Mas o "I" podia ter feito o trabalho de casa e da mesma forma que falou com ex-Presidentes que até foram sinceros e preferiram esperar pela comunicação oficial do Sporting, poderia ter falado com o Director de Comunicação do Sporting e evitava a capa de hoje que não é mais do que uma seta apontada ao clube para, certamente, servir outros interesses.

O clube reagiu por Nuno Saraiva, mas deveria, na minha opinião ter reagido, hoje sim, pelo próprio Presidente do Sporting.

Ontem Portugal perdeu na Suíça no primeiro jogo de qualificação para o Mundial de 2018 na Rússia. Jogou pessimamente na primeira parte, equilibrou na segunda. A derrota é justa.

William Carvalho, um jogador campeão europeu, que aconselho a alguns darem uma vista de olhos pelas estatística do Euro passado, um excelente membro do clube, da selecção e que mostra que não andámos a brincar às formações como certos clubes, foi atacado de forma grosseira e mal intencionada. Numa espécie de "vale tudo"!

Aceito, sem problema algum, que se façam brincadeiras, vídeos, memes e por aí fora, sobre o lance que tanto tem dado que falar, agora passar a imagem que uma derrota pode estar relacionada com esse lance e ainda mais grave tentar desmoralizar o jogador numa tentativa de o tornar banal, é ridículo a quem o tenta, surreal a quem acha que William é um simples jogador.

O Presidente do Sporting fez há momentos um post a falar do 3 campeões europeus que jogam no Sporting e no orgulho que é para nós tê-los na equipa. Pouco, para mim fazíamos mais.

Eu, fosse JJ, no próximo jogo ia mais longe e entregava a braçadeira de capitão ao William Carvalho. Apenas e só, porque há um hierarquia definida, no próximo jogo. Contra o Moreirense, a responsabilidade máxima dentro de campo pela equipa do Sporting seria entregue a um jogador que tem sido um excelente profissional de verde e branco, ao mesmo tempo era uma resposta ao ataque rasteiro que o jogador nas últimas 24 horas tem sofrido.

Saibamos defender, sem bajular, os nossos grandes jogadores, porque, como sabemos, este Sporting dos últimos anos incomoda e muito!

1 comentário:

Angelo disse...

Complicado, dar a braçadeira a William. Para isso teria que tirar ao Adrien. Seria logo visto como retaliação pelas declarações dele e a imprensa ia arranjar aqui novela para mais uns dias.