quinta-feira, 1 de setembro de 2016

Reacção possível ao texto de Adrien



A manhã começou bem cedo com as leituras diárias relativamente ao que se passou no último dia do mercado. O renascer do Sporting nesta janela de transferências faz-nos equacionar sobre o que foram as recentes semanas e um primeiro balanço foi aqui feito.

Mas as primeiras horas deste dia também começaram com o texto de Adrien Silva naquele que é o primeiro dia do resto da sua vida.

Convém recordar que não estamos a falar de um jogador qualquer: é o mais bem pago do plantel, é o capitão do Sporting Clube de Portugal!

O adn do Adrien, e de quase 99,99% dos jogadores de futebol, passa por conseguir ganhar mais dinheiro no final do mês, em primeiro lugar, jogar campeonatos mais competitivos em equipas de enorme dimensão em segundo e só depois de muitas outras coisas é que vem o respeito pela equipa que lhe deu tudo. 

Podíamos estar aqui a discutir que a entrevista dele é despropositada, que nunca se colocou em causa o seu profissionalismo, recordemos que já teve as baterias apontadas a norte no tempo do Godinho, onde renegociou bem e em Fevereiro deste ano, já com esta direcção voltou a ser aumentado. Nada contra quem ganha e quer ganhar mais em função do seu rendimento.

Adrien está ao serviço da Selecção e regressará em breve aos treinos no Sporting e a Alvalade já no sábado. Não tenho dúvidas que alguns assobios serão ouvidos e que a batata quente está nas mãos de Jorge Jesus quanto a mantê-lo como capitão. No entanto, conhecendo JJ como todos conhecemos, que hoje está no Sporting e amanhã pode muito bem estar num outro clube, e mantém todo o seu profissionalismo, achará que Adrien apenas procurou o que considera o melhor para a sua vida profissional. Logo, tudo ficará como antes da célebre entrevista, diria!

Os ídolos há muito que não existem no Sporting, e no outros clubes, actualmente temos um jogador na nossa equipa que já disse que "detestava o verde" quando estava no rival. 

A grande diferença no Sporting actual é que a direcção e a equipa técnica são mais fortes que no passado, e estes episódios em avulso não destroem o que de muito bom tem sido construído.

Eu não irei assobiar a Adrien enquanto ele vestir de verde e branco e entrar em campo de Leão ao peito, mas também há muito que não idolatro jogadores de futebol.

A minha paixão é o Sporting Clube de Portugal!

4 comentários:

António Gomes disse...

Assino por baixo, não retiro uma virgula ao que escreveste.

Zero ídolos, ou melhor, são ídolos quando lá estão e têm o leão rampante ao peito, e dessa forma serão sempre apoiados. Nunca fui de assobiar, e mesmo não gostando de algum jogador se tiver a defender a nossa camisola profissionalmente com convicção terá sempre o meu apoio.

Dou um exemplo, Jefferson perdeu a genica, a maior parte das vezes quando joga parece estar a fazer frete, mas nunca o assobiei. Queria que ele se fosse, mas continuando terá sempre o meu apoio.

Bancada de Leão disse...

Obrigado António Gomes.

João SCP disse...

Boas,

Votem nas sondagens que dizem respeito ao melhor reforço de Benfica, Sporting e FC Porto em http://galaxiafutebolistica.blogspot.pt/


Abraços

Sr. Leão disse...

Um reflexo (capital) do tempo atual. Quero acreditar, pelo respeito e lealdade até agora demonstrada, que o Rui Patrício encaixa nos 0,01%.