quinta-feira, 15 de setembro de 2016

Só depende de ti, Jorge Jesus!

Gerard Julien/AFP

Jorge Jesus afirmou na entrevista após o jogo terminar, que se não tivesse sido expulso do banco não tinha dúvidas que o Sporting não perderia contra o Real.
JJ foi expulso ainda o Sporting vencia, claro que é impossível perceber o desfecho do jogo caso continuasse no banco.

No entanto, não há dúvidas que a presença do técnico no banco é fundamental. Num jogo como o de ontem, é preciso uma voz de comando com experiência não só nesta competição, como em situações complicadas como a que o Sporting iria viver nos últimos minutos, para transmitir a calma necessária aos jogadores e com o olho clínico de grande treinador como é, enviar as mensagens que podem fazer a diferença.

A questão é que dependerá sempre de Jorge Jesus ficar mais vezes no banco ou não ser expulso. Sabemos perfeitamente que o técnico costuma exagerar na movimentação no relvado, estando muitas vezes fora da área que é permitida e temos conhecimento da forma enérgica, digamos assim, como se dirige aos árbitros. Não é de agora!

Se a nível nacional até compreendo que por vezes haja alguma perseguição ao técnico leonino, basta comparar o número de vezes expulso desde que é o nosso treinador quando comparado com o que se passou no rival, já ao nível internacional diria que os árbitros são apenas mais rigorosos.

Como Jesus percebe mais de bola que muitos que andam preocupados com o "Portunhol" que ele utilizou para se expressar no final do jogo, só depende de si e apenas de si controlar-se e fazer aquilo que melhor sabe perto dos seus jogadores: ser líder!

Sem comentários: