segunda-feira, 3 de outubro de 2016

Algumas notas sobre a AG de ontem


No domingo houve Assembleia Geral do Sporting, não da SAD, onde estiveram presentes 150 sócios do clube. Algumas notas importantes relativamente ao que se passou.

"A culpa é minha! E digo-o com toda a convicção."

O Presidente do Sporting centrou o foco do desastroso resultado em Guimarães em si. Só podia. Com todas as críticas que devem e podem ser efectuadas, assumiu a responsabilidade, no entanto, sem que o caminho que continua a ser percorrido sofra desvios. É para mim o mais importante. 

"Aos ataques internos se os mesmos forem contra a equipa serei implacável. Não pensem que permitirei que o Clube entre em auto gestão ou em roda livre. Até ao último momento assumirei a minha responsabilidade mas também a minha autoridade. Esta magoa não dá o direito a mais nada do que tristeza e quanto muito a me apontarem o dedo. Qualquer coisa fora disto terá de mim uma resposta absolutamente firme e punitiva.

Não esfreguem as mãos aqueles ditos sportinguistas que esperam a cada deslize para como ratos atras de teclados, cartazes, tarjas ou entrevistas atacarem o Clube ou os nossos profissionais. Não terão sucesso nem sossego da minha parte!"

A união em torno do clube vive-se e sente-se em cada jogo, seja ele em Alvalade ou pelo país fora. Os Sportinguistas têm sido unânimes em relação a isso, mostram-no e estão com a equipa. Claro que existirão sempre os Camarotes Leoninos, Dias do Clube, Cantinhos de Alkmaar, os Sentir Sporting e por aí fora, que têm direito à sua opinião, pena que nos dias em que tudo corre mal ao Sporting é que sejam mais produtivos a opinar.

"E o famoso caso Doyen. Neste momento temos o apoio oficial da UEFA e a proibição por parte da FIFA . Ninguém no mundo do futebol tem dúvida da nossa razão mas a justiça é cega e por isso temos nas nossas contas, infelizmente, uma provisão de cerca de 15 milhões para a possibilidade de perdermos o recurso."

Continuo com a convicção que valeu a pena lutar por esta causa, mesmo que nos possa vir a custar perto de 15 milhões de euros. O valor é negativo para as contas do clube, mas positivo para a mentalidade que tem sido orientada quando se pensa em transferências (e negócios no Sporting). Não é à toa que o Sporting realizou o melhor ano de sempre em vendas, e tudo isto está ligado directa e indirectamente.

"...o único dos 3 grandes a cumprir o famoso artigo 35."

Em tempos passados, com outras direcções, fizeram-se capas e mais capas no desportivos e no generalistas sobre a nossa falência técnica. Nessas alturas interessava e saltavam das pedras da calçada especialistas em finanças. Agora só ouvimos o nosso eco!

"Estamos perto dos 150 mil associados! Mais 30 mil e saltamos do actual 5 lugar para o 3 lugar dos clubes com mais associados do Mundo."

É um dado importante e fundamental para o crescimento sustentável do clube após uma queda profunda registada noutros tempos. As modalidades ganham e  muito com este incremento. Queremos manter o eclectismo e temos de lutar para que isso seja válido, estes números ajudam e muito, pois o valor que os associados pagam por mês vai para o clube.

Como se recordarão, esta AG é do clube e visava aprovar as contas do clube, dado que a SAD já o tinha feito com unanimidade apesar do resultado negativo que todos conhecemos.

Assim, 98% dos sócios votaram favoravelmente e 2% manifestaram-se contra.

Sem comentários: