sexta-feira, 4 de novembro de 2016

O Risco Financeiro do Sporting


Com o investimento que o Sporting fez esta época, soaram, por diversas vezes, as campainhas de alerta do perigo financeiro em que nos poderíamos estar a envolver. Felizmente, há quem procure com os números entender a realidade do clube, explicando-a de forma que todos possa entender.

Bati de frente com este post, O Risco Financeiro do SCP no Blogue Guardião da Diagonal, que permite ficar a conhecer alguns números, principalmente quando começamos a entrar numa fase pré-eleitoral e onde se tenta passar a imagem que esta direcção gasta tanto ou mais que as anteriores e que os perigos são ainda maiores. Falso!

O Risco Financeiro permite prever as dificuldades que irão ser encontradas no caminho, de certa forma perceber os resultados financeiros da época 16/17, e compreender a nossa dependência das receitas extraordinária (por exemplo, as mais valias, receitas da UEFA,...).

Leiam o texto, é muito simples de entender e perceber todas as variáveis, mas queria deixar aqui algumas conclusões que convém ter em mente:

- o risco financeiro do Sporting desceu de 63 milhões de euros para 19 milhões quando entrou esta direcção;

- actualmente o risco financeiro do Sporting é de 33 milhões de euros, para efeitos de comparação, o do Benfica é 76M€ e o do Porto é de 108M€;

- o risco financeiro do Sporting na direcção de Bruno de Carvalho é de 54% do risco financeiro da direcção presidida por Godinho Lopes (e já agora comparando outras duas rubricas, 186% das receitas fixas, 98% das despesas fixas da anterior direcção);

- o risco financeiro do Sporting na direcção de Bruno de Carvalho é de 52% do risco financeiro da direcção presidida por José Eduardo Bettencourt (e já agora comparando outras duas rubricas, 179% das receitas fixas, 95% das despesas fixas da anterior direcção);

Ou seja, em relação às duas últimas notas, o risco financeiro é metade desta direcção quando comparando com as direcções anteriores, as receitas quase duplicaram e os custos quase idênticos, ainda assim inferiores. Os números não nos dão títulos, mas ajudam a perceber o caminho que está a seguido!

5 comentários:

leao revisor disse...

Escrever uma coisa destas,( comparar riscos actuais com anteriores), sem nunca referir o que aconteceu precisamente entre GL e BdC é obra.

Seria também interessante saber o "risco financeiro" quando as nossas VMOC´s terminarem o prazo. É que já li em Blogs da "especialidade" que a nossa divida bancaria é a menor de todos os grandes... "Esquecendo" que existem 135M em VMOC´s.

Se queremos ser sérios e ser levados a sério é bom que digamos tudo e depois sim se for interessante saber os méritos de cada um.

Bancada de Leão disse...

"sem nunca referir o que aconteceu precisamente entre GL e BdC é obra."

um saiu, outro entrou.

VMOC's...sempre as VMOC's...acho que estamos conscientes do que isso representa para o Sporting, mas pela forma que falas até parece que foi o BdC que as trouxe.

leao revisor disse...

Um saiu e outro entrou...
Um deixou a reestruturação feita o outro usufruiu dessa reestruturação.
Uns tinham 55M de VMOC´s, o outro para alem de aumentar o prazo das primeiras juntou mais 80M em VMOC´s.

Simples.

Aquilo que disse e repito foi simplesmente se queremos fazer uma analise séria NUNCA poderemos esquecer as VMOC´s. Portanto fazer uma analise financeira não contabilizando 135M de euros é brilhante, sejam responsabilidade de quem seja. É o clube ou SAD que tem que pagar.

António Gomes disse...

E lá continua o mito da restruturação feita pelo... Até parece que não houve dias e dias negociações e um bater de punho na mesa para desbloquear a coisa.

Quanto ao aumento de VMOC's, que remédio depois do descalabro de GL com as primeiras VMOC's e com os prejuízos anuais de mais de 45M tinha de se fazer alguma coisa.

Os teus comentários são as chamadas "revisionanices de treta"...

leao revisor disse...

mitos?

Bem então gostaria de saber o que foi alterado na reestruturação financeira que não estava ja acordado com os bancos antes de BdC.

Acabe lá com o tal "mito", porque até hoje sempre que faço esta pergunta ninguém me consegue responder.

Já agora o UNICO mito que caiu por terra era um que garantia que iam todos presos.... até hoje 0... até hoje processos 0.