domingo, 5 de março de 2017

Bruno de Carvalho é reeleito Presidente do Sporting


Vitória esmagadora de Bruno de Carvalho com 86,13% na maior votação de sempre da história do Sporting Clube de Portugal!

1 comentário:

João SCP disse...

Sou apoiante do Bruno de Carvalho por isso esta vitória a mim não me deixou surpreendido. Mas neste comentário venho fazer uma análise lúcida à candidatura de Pedro Madeira Rodrigues. Antes da noite de ontem, Madeira Rodrigues perdeu estas eleições com a "ajuda" de alguns aspetos que passarei a enunciar:
- Despedimento de Jorge Jesus: quando PMR disse que Jorge Jesus iria sair, pelo próprio pé, do Sporting CP, isso foi logo o primeiro tiro dado a ele próprio. Jorge Jesus, apesar de todos os seus defeitos, é um dos melhores treinadores em Portugal;
- Escolha de Delfim para a Team Manager: Neste aspeto um Team Manager é importante em qualquer grande equipa (SCP, SLB ou FCP), mas a escolha de um jogador como Delfim para esse cargo foi mais um tiro no pé do PMR. Para esse cargo deveria ser alguém mais ligado à história do SCP - Liedson, Luís Figo, Paulo Futre, Pedro Barbosa, Dani ou Ricardo;
- Disparar contra Bruno de Carvalho, JJ e Ricciardi: PMR cometeu outro erro crasso na sua campanha que foi arranjar como alvos de raiva o atual presidente (BdC), o atual treinador (JJ) e o Ricciardi. Numa campanha eleitoral para um clube de futebol nenhum candidato deve arranjar alvos de raiva. Mais um tiro no pé dado por PMR;
- Escolha de Juande Ramos para o lugar de Jorge Jesus: Outro erro crasso de PMR nesta campanha foi eleger o Juande Ramos como treinador principal do Sporting Clube de Portugal. O técnico espanhol nunca foi grande coisa e se ganhou duas Taças UEFA pelo Sevilla muito o deve a jogadores como, por exemplo, Kanouté, Capel, o falecido Puerta, Maresca, Marchena, Fernando Navarro, Navas ou Palop;
- Contratação de Taison: Por fim, o último erro grave de PMR foi prometer a contratação de Taison, quando o brasileiro aufere um salário proibitivo para o futebol português e já não apresenta a qualidade que tinha quando defrontou o SCP, em 2011/2012, pelo Metalist Kharkiv na Liga Europa.
O único ponto positivo de Pedro Madeira Rodrigues nesta campanha foi a escolha de Laszlo Bölöni para Coordenador de Futebol e sobre isso penso que Bruno de Carvalho deveria aproveitar a única ideia de jeito de Madeira Rodrigues nesta campanha.