sexta-feira, 14 de julho de 2017

Sporting 0-3 Valência


No terceiro jogo de pré-época, 24 horas depois da vitória contra o Fenerbahçe, Jorge Jesus repetiu 8 jogadores para defrontar o Valência. A derrota aconteceu de forma esperada, por 3-0, o cansaço mais que visível explica alguma coisa mas não tudo.

Como não sou treinador e não percebo bem a necessidade deste segundo jogo, de forma consecutiva, mesmo que seja para criar rotinas e sabendo que em breve a competição oficial começa, já não vi a segunda parte porque imaginei como seriam os segundos 45 minutos. O Sporting apenas trocou 6 jogadores (o Valência 10) e não houve grandes novidades.

A discussão nos próximos dias, ou pelo menos, até amanhã ao jogo com o Basileia vai passar entre a bipolaridade de alguns Sportinguistas e o teimosia de Jorge Jesus em relação a Francisco Geraldes.

Aguardemos, serenamente, pelos próximos capítulos.


2 comentários:

Ti Adelaie disse...

Não acho que seja assim tão mau, estes jogos não contam para nada, simplesmente para testar jogadores e movimentações, as opções do mister não foram descabidas, mas a do cansaço é que não consigo perceber. Quanto ao Geraldes, parece que só o foram buscar para calar a malta....o miúdo é corajoso a jogar futebol e não tem receio de partir um jogador com uma movimentação, é novo, tem energia, só precisa quem lhe dê oportunidade

Rui Mota disse...

Não me preocupam os resultados nesta fase, e até tenho gostado a espaços da equipa.
Defendo e defenderei o nosso Sporting sempre
Defendo e defenderei o JJ quase sempre enquanto for o nosso treinador.
Não entendo a antipatica pelo Francisco Geraldes. Alguem o pode questionar directamente? É que a bola sai dos pés do miudo sempre redondinha.Tem timing de passe, gere bem os ritmos de jogo, qual éa duviuda em lhe dar mais minutos?É por ser mais intelectual que os outros.
JJ já tiveste um Bernardo Silva, não queiras um segundo...