domingo, 6 de novembro de 2011

Sporting 3-1 Leiria

imagem: via Twitter Sancho53

















Vamos recuar no tempo. No final de Março o Sporting tem as suas eleições mais renhidas de sempre para a Presidência do clube. Vence um candidato, perde outro, a diferença é pouco mais de 300 votos. O clube bipolariza, há um fraccionamento tal que basta ver os textos dessa altura para perceber que a situação iria ser muito complicada.

A época ainda estava em curso, já só com um objectivo que passava pela obtenção de um terceiro lugar. Miserável posição a mais de 4 mãos cheias de pontos do líder.

Termina a época. Construção da equipa. Mais discussões. O Sporting completamente fraccionado. Mantém um estado de guerrilha interna.

Entretanto surge uns primeiros sinais de melhoria. Jogos de pré-época, algumas aquisições interessantes. O Sporting desperta-se em alguns adeptos alheados do clube.

Início do campeonato, derrotas e frustrações. Desespero e a depressão ali bem perto da Mata...Real!

Uma, duas, três, quatro, cinco, seis e sete vitórias seguidas na Liga Portuguesa. O Sporting termina o primeiro terço do campeonato a 1 ponto da liderança bipartida. 

E agora pergunto. Quantos adeptos acreditariam que estaríamos a 5 de Novembro nesta posição? Esta é para já a nossa vitória!!!

Do jogo, das ausências, da dificuldade que foi levar de vencida este Leiria, está a prova que ainda há muito neste Sporting para melhorar. Uma equipa base que estaria a atingir uma maturidade interessante, desfalcada na Roménia, e que tem no banco poucas soluções para manter um ritmo competitivo exigente e que vai ser necessário para darmos o passo seguinte. 

A boa notícia de hoje é que Matías Fernadez regressou. Com 2 golos e foi o melhor em campo. Isto é o Sporting!

1 comentário:

Mike Portugal disse...

Com tanta lesão poderá ser muito complicado jogar de igual para igual com o SLB, mas há que acreditar.