sábado, 29 de outubro de 2011

Do Schaars para o Eduardo Barroso















"O jogo com o Benfica será o primeiro grande teste. Temem que possa ser um choque com a realidade, em caso de resultado negativo?
Não sei. Temos de ganhar os jogos até lá primeiro. Não sabemos o que acontecerá noutras condições nesses jogos. Temos de pensar jogo a jogo e, agora, o mais importante é o Feirense. 

O Benfica é uma grande equipa, tem jogadores de qualidade, bons defesas, muitos que podem marcar. Será interessante, de certeza. Vi o jogo com o Twente, porque são holandeses, e vi potência e capacidade física, sempre a correr e a atacar, uma e outra vez. 

Confiantes, será difícil jogar contra eles. Estamos parecidos. O Sporting mais forte? Não sei, espero que sim."

Simples. Directo. Sem euforias, vindo de um jogador que além da inteligência dentro de campo, mostrou idêntica capacidade numa entrevista de elevada qualidade sem os habituais clichés futebolísticos.  É assim que se fala sem depressões, sem demagogias e sem aceitar que à 11ª jornada já haverá um possível campeão!

1 comentário:

baG disse...

gosto da maneira como Schaars pensa e fala!