terça-feira, 6 de dezembro de 2011

É isso, Capitão América!







Um jogador que soube impor-se num plantel necessitado de alterações profundas na defesa, muito criticado quando chegou pela forma pouco artística como jogava, pelo que fez no jogo de apresentação, mas que a cada jornada que passa vai ganhando maior preponderância no 11 titular e sempre muito perspicaz na comunicação com os adeptos.

Sem comentários: