sábado, 31 de outubro de 2015

Os apontamentos de Naldo e Tanaka


Quando li pela primeira vez umas declarações atribuídas a Naldo fiquei contente. Gosto que os jogadores possam livremente, sem ostracizar o clube que representam, dizer o que lhes vai na alma. Entendo porém, que a defesa do clube que lhes paga deve vir sempre em primeiro lugar em relação a interesses particulares.

Do que, supostamente, Naldo terá dito, foi a parte a que se referiu a Carrillo que gostei mais. Naldo teria a mesma opinião que eu, Carrillo é o jogador mais completo do Sporting. Infelizmente, as declarações de Naldo eram falsas. O jogador nunca teria dado nenhuma entrevista à publicação Goal. 

Mas fica um exemplo de algo que, na minha opinião, é positivo e que não fere os interesses do clube.

Por outro lado, durante a semana, Tanaka falou sobre o actual momento do clube e em particular da sua participação no Sporting 15/16.

Esta sim, uma verdadeira entrevista, onde o jogador mostrou que o Sporting tem de estar sempre acima dos interesses pessoais. Falou primeiro do bom momento do clube e da liderança que foi atingida, as dificuldades que virão daqui para a frente e depois, num jeito que faz com que Tanaka seja apreciado pelos adeptos, fala das dificuldades que encontra neste momento na equipa para conseguir um lugar nos que regularmente são opção para Jorge Jesus. 

São este tipo de opiniões, dos jogadores, que eu acho particularmente pertinentes e que nos ajudam a solidificar uma identidade que, por vezes, parece perdida.

Sem comentários: