segunda-feira, 11 de janeiro de 2016

À grande e à (francesa) Duque!


Um das formas mais básicas que encontramos nas críticas que por aí se vão fazendo a Bruno de Carvalho, veja-se lá, é o vencimento que ele aufere mensalmente e que, recentemente teve um aumento, estando situado, se não me falha a memória, na ordem dos 10.000 euros brutos por mês. Relembro que estamos a falar do Presidente do Sporting Clube de Portugal.

Hoje, o leak do dia é o acordo de revogação antecipada do mandato de Luís Duque como Administrador da Sporting SAD. Acordo feito entre este e Godinho Lopes e Nobre Guedes.

O Sporting, como todos sabiam, estava numa situação de pré-falência, mas isso nunca impediu as enormes negociatas e os pagamentos exagerados de vencimentos com os resultados desportivos e financeiros mais que conhecidos.

Do acordo de revogação saltam à vista os seguintes pontos:

- Vencimento ilíquido de Luís Duque era de 20.500 €/mensal;

- O Sporting, com este acordo, ficava obrigado a pagar 307.500 € (ilíquidos) em 15 prestações mensais de 20.500 €;

- Decorria um processo em tribunal que o clube já tinha sido condenado, o valor já ia em 175.000 € com custas judiciais que também estavam incluídas, e o acordo dizia que seria o Sporting a pagar o valor decorrente do processo, em nome de Luís Duque, porque este fê-lo de forma totalmente legal, o tribunal não concordava, e em prol do clube;

- Um acordo de confidencialidade que não permitia a Luís Duque falar sobre o acordo de revogação ou sobre a actividade, organização e estrutura da Sporting SAD até 31 de Dezembro de 2013 ou a outra direcção da Sporting SAD que não tivesse o actual (da altura) Presidente da SAD, que era Godinho Lopes.

- Devolver a viatura de serviço Audi A6.

Quando falamos do esforço financeiro que somos agora obrigados a fazer, que esta e futuras direcções terão de ter em relação a novos orçamentos, acordos com os bancos, lembrem-se como eram algumas das negociatas do passado.

p.s. este post foi escrito com base num documento tornado público e que se encontra no seguinte link, os facto relatados estão nesse documento.

Sem comentários: