quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

Entradas, saídas e empréstimos do mercado de inverno no Sporting

fonte: Jornal do Sporting

É uma chatice esta coisa da transparência que acontece no Sporting.

Mas vamos só recuar uns dias. O Football Leaks lançou novos documentos e dois deles eram relativos ao Bruno César. Ficou a saber-se que um certo Costa Aguiar Sports recebeu 1,3 M€ de comissão no negócio Bruno César.

A transferência foi a custo zero mas o Sporting teve de pagar 1,3 M€ para "celebração, nas melhores condições possíveis, de contrato trabalho desportivo", "em condições extremamente vantajosas, nomeadamente mas não exclusivamente pela ausência de qualquer pagamento ao clube ao qual o atleta se encontra contratualmente ligado". Ou seja, na prática pagamos a um "agente" para ele assinar um bom contrato com o Sporting e não haver pagamento ao Estoril pela transferência.

Claro que houve logo um conjunto de escribas que rapidamente colocaram em causa esta negociata. Pessoalmente, gostava de ver Bruno de Carvalho falar sobre este negócio. Só para arrumar com certos argumentos.

Voltando às transferências no mercado de inverno, o jornal do Sporting, traz, mais uma vez, todo o cenário relativo a entradas, saídas e empréstimos, com os valores da transacção e das comissões envolvidas. Obviamente, a de Bruno César estava lá.

Fazendo as contas, financeiras, houve um saldo positivo de 3 milhões de euros. Quanto às contas desportivas, logo veremos no final do campeonato.

1 comentário:

Filipe César disse...

E o negócio do Barcos? O rapaz veio mesmo a custo zero abatendo no valor do montero?