terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Resumo da candidatura de Pedro Madeira Rodrigues


Já o tinha referido noutros textos que cabia a Pedro Madeira Rodrigues apresentar soluções, alternativas ao trabalho que Bruno de Carvalho apresenta com os 4 anos de direcção do clube.
Faço um pequeno resumo de alguns pontos da sua candidatura desde que ficou conhecida em vésperas do debate televisivo na Sporting TV.


"Bruno perdeu o rumo com Marco Silva"

"As pessoas já não levam muito a sério Bruno de Carvalho"

"Votei em Couceiro mas ainda bem que Bruno de Carvalho ganhou"

"Que no ano novo os Sportinguistas não fiquem ofuscados pelo ódio de Bruno de Carvalho"

"Bruno de Carvalho fez o mesmo que Godinho Lopes"

Pára. Pára tudo. Será que é preciso mesmo explicar a gravidade desta frase demagógica? Não. Siga!

"Mais uma vez recorre-se ao Facebook, mais uma vez de forma espalhafatosa. Podiam decidir-se estas questões através de uma reunião, em locais próprios, e não com este 'show-off'"

Referindo-se à arbitragem. Ora, é fácil de pesquisar e recordar um conjunto de medidas apresentas em prole da melhoria da arbitragem em Portugal. Deixo o link para memória futura.

"estou convencido que Jorge Jesus com uma liderança diferente, com um apoio maior, permitindo-se que dedique aquilo que sabe fazer melhor...um suporte de retaguarda que não tem com Bruno de Carvalho"

"Jorge Jesus precisa de maior apoio"

Entretanto, Carlos Severino manifesta o seu apoio a Pedro Madeira Rodrigues (PMR).

"Bruno de Carvalho está a tentar arranjar culpados, mas basta olhar para o espelho"

Depois seguiu-se a apresentação do programa eleitoral, que, com sabemos tem as seguintes linhas orientadoras:

novos investidores, recompra da Academia, rigor nas contratações, contratos com objectivos, 23 jogadores no máximo, apostar na competitividade das modalidades, mas como bem sabemos e dito pelo próprio nem conhecia as contas do Sporting (clube), provedor do sócio, sócio-filho, sócio-núcleo, sócio-claque, garantir a maioria do capital, como explicado no texto hoje de tarde, sem ainda ter apresentado um modelo, naming do estádio e pavilhão, centro de estágio a norte, de borla, velódromo, clube de vela e dinamizar algumas medidas para a arbitragem.

"Treinador? Contem com uma surpresa"

Isto porque já tinha comprado uma guerra com Jorge Jesus, mas com Aurélio Pereira e Carlos Lopes, foi melhor não dizer nada.

"Já tenho Mário Saldanha, o meu vice-presidente para as modalidades, a negociar um protocolo de colaboração com os Boston Celtics"

"Markovic está agora a explodir nas mãos de outro treinador"

Pára tudo, novamente. Marco Silva, o adorado dos anti, que quando esta frase foi proferida tinha Markovic em campo, foi, por acaso, o terceiro pior jogador em campo (ver notas de vários sites sobre esse jogo).
Andaram semanas a falar de Marco Silva e do seu trabalho incrível em Inglaterra: uma vitória sobre o United num jogo em que foi eliminado da Taça da Liga, eliminados da Taça de Inglaterra por uma clube de divisão inferior (e que já está fora da competição) e de repente deixou de ser ouvir falar do trabalho do treinador.

"Incrédulo com decisão tão próxima das eleições...contrato feito à pressa por razões de tesouraria"

Isto sobre o contrato com a Macron e que foi a pedido da marca italiana porque havia outros negócios com outros clubes a decorrer e interessava à marca de roupa desportiva. O contrato só entra em vigor em agosto e o dinheiro só nessa altura entrará.

"Bruno de Carvalho é um perdedor"

Depois seguiu-se a promessa do fosso, led à volta do estádio e cadeira tudo por 1,5M€. Disse que era um óptimo negociador. É fazer as contas, como dizia o Guterres!

"Jorge Jesus vai demitir-se"

"O Benfica vai aprender connosco"

"Diz que um leão não ladra, ruge. O que ele veio dizer é que o leão que ruge não morde. Comigo o leão vai morder"

Pelo meio, colocou uma mensagem no Facebook da campanha de um suposto fundador do núcleo de Braga a dar-lhe o apoio (e a falar mal de Bruno de Carvalho) que foi rapidamente desmentido pelo próprio núcleo.

Entretanto, o futebol feminino chega à primeira posição da Liga Portuguesa e PMR diz "Connosco, Lista A, também o futebol feminino do Sporting estará Sempre na Frente!"

Uns dias depois, Rui Morgado, que já foi apoiante de Bruno de Carvalho, no jornal oficioso da campanha de PMR, O Jogo, diz o seguinte "Temos um presidente que insulta sócios, chama-lhes ratos, abutres e lampiões".

Passado uns dias, Victor Espadinha, ex-apoiante de Bruno de Carvalho, faz um texto onde insulta o Presidente do Sporting e fala do arrependimento do seu apoio a Bruno de Carvalho.

Confunde "O que a imprensa escreve:" com um texto escrito por José Manuel Ribeiro, do O Jogo, uma das figuras que mais odeia Bruno de Carvalho.

A demagogia continua.

"Disseram-me que Jorge Jesus já se arrependeu de fazer parte da comissão de honra de Bruno de Carvalho."

"Bielsa? Nim"

Vem aí os Árabes. Nada contra desde que explicado. Os Russos que em tempos Bruno de Carvalho falou, agora já não são arma de arremesso.

Bielsa? Não.

Sobre o Pavilhão João Rocha:

"Mérito mais tarde a José Eduardo Bettencourt (por causa dos terrenos), Godinho Lopes conseguiu um patrocínio, Bruno de Carvalho executou a obra e eu vou ter de pagar"

Sem palavras!

Depois saiu a sondagem do Correio da Manhã e do "taco a taco" com Bruno de Carvalho, mesmo que não tenham feito a questão a sócios do Sporting, mas sim adeptos (e de outros clubes), nesse dia PMR diz o seguinte:

"os resultados que temos já me dão a vitória nesta altura"

Segue-se a reclamação dos Cadernos Eleitorais. Já expliquei aqui no blogue que foi um tema sensível, que ele tinha razão e que só serviu para fragilizar o PMAG actual e permitir a PMR uns dias mais de demagogia e pouca discussão do programa para o Sporting.

"Vou ter um Coordenador que coordena todas as áreas do futebol"

"Ainda não apresentei o meu treinador, nem o meu coordenador nem o meu investidor. Ainda nem fiz o meu debate e tenho as sondagens a meterem-me taco-a-taco com Bruno de Carvalho"

"Vou apostar na equipa B como último degrau de formação dos juniores"

"Não se deixem enganar quando dizem que temos lucros fantásticos porque não é verdade"

Nem sei o que diga em relação a isto porque porque, das duas uma, ou não lê os Relatórios e Contas ou está de má fé a lançar demagogia para o ar. E a comparação com o reinado de Godinho Lopes é (quase) criminosa!

"Queremos que a maioria da SAD fique nossa dentro de 10 anos"

Quer PMR, querem os sócios que estiveram na célebre AG com mais de 1.500 pessoas e sabem disso, quer a actual direcção que avançou com a reestruturação financeira.
Eu queria saber como PMR quer isso. Era mais importante que lançar um chavão cá para fora!

Quinta feira há um importante frente a frente entre Pedro Madeira Rodrigues e Bruno de Carvalho!

5 comentários:

Sérgio disse...

Esqueces-te que com ele não se fala no venfique ele ao contrário de BdC não é obecado pelo Venfique ... alias podes lhe chamar de tudo menos lampião! :)

Ah e reestruturação financeira essa obra "inacabada" de NG o tal que disse que o clube acabaria em meses porque ao contrário do que defendia e do que estava a ser feito ao abrigo do acordo com a banca o SCP estava a cortar na despesa e não estava a investir ... SURREAL!

Um fartote de incoerência demagogia e muita desonestidade intelectual.

Sporting até morrer disse...

Muito bom resumo de uma mão cheia de nada!

Pedro O. disse...

Respeito o post, respeito o conteudo, seguramente que qualquer um pode fazer um rol de argumentação em favor da opção que reconhece como melhor para o nosso Sporting.
Qualquer um pode fazer relatórios com tudo aquilo que não se identifica com A ou com B, usar factos como criticaveis ou como elogiaveis, tem a ver com a abordagem e sensibilidade de cada um.

Pessoalmente, algo que não interessará rigorosamente para nada, assumo que não me identifico com a actual liderança por um vasto conjunto de razões que poderiam dar um enorme post num qualquer blog (numa subjectividade inerente a qualquer analise de sensibilidades), mas onde o facto de não me rever neste Sporting no actual tipo de liderança, imagem e posicionamento institucional, para além da total incompetencia ao nível da gestão desportiva (futebol profissional à cabeça) que nos levou a um miseravel racio investimento/resultados como julgo não haver memória), depositarei os meus 8 votos em PMR, com o mesmo direito que assiste a qualquer socio elegivel em pensar ou assumir uma opção oposta a esta.
Não rebaterei o post, porque a opinião é um direito inalienável de qualquer um de nós, há uma série de pontos que estão colocados á medida da conclusão que se pretende expressar, faz parte de qualquer tutorial de comunicação, perfeitamente respeitável, mas sujeito à discordia.

A carreira de Marco Silva no HULL FC, não me parece que deva influenciar intenção de voto, a forma como foi levado à "expulsão" do nosso clube, desde da vergonhosa rabula de Zé Eduardo (sinto vergonha de que tal figurinha pertença ao mesmo clube que eu) no aeroporto até à recepção em Alvalade no dia da vitória na Taça, isso sim me permite ponderar se me revejo nisto.

Claro que todos queremos o bem comum do nosso clube, isso é inquestionável. Aquilo que para mim é o engrandecimento da imagem do clube, não será a mesma para outro sócio, mas isso faz parte da eterna discussão e vitalidade que se deseja e seguramente nunca se perderá!

DiogoC disse...

Sergio,

O nobre Guedes tinha razão no facto de o clube só ser sustentável com mais receitas. Que o corte de despesas nunca iria gerar poupanças suficientes para fazer face aos compromissos. Podemos discordar da forma mas quanto à questão de fundo tinha razão. Óbvio que antes tínhamos de ajustar

Sérgio disse...

DiogoC,

A questão é que sendo verdade que foi ele elaborou o dossier da reestruturação financeira com a banca como é que poderia ele pô-la em causa!?