Sporting 1-1 Porto




Não é fácil escrever sobre o jogo de hoje noite. Sair frustrado do estádio por sentir que poderíamos e deveríamos ter ganho, mas há pouca qualidade na equipa e as soluções são quase inexistentes.

O jogo resume-se facilmente. O Porto entra bem com a primeira de duas ocasiões que teve em 90 minutos. Falcão falhou na primeira, aos 3 minutos, e marcou na segunda no reatar da partida após intervalo. No restantes 80 e muitos minutos estivemos sempre mais perto da vitória. Ora no remate à barra de Pedro Mendes, ou num pouco natural desajeitado Liedson, mas a verdade é que só o Sporting poderia sair vencedor do jogo desta noite.

Tenho sido muito crítico do trabalho de Paulo Sérgio no Sporting e continuo a achar que não é treinador para o nosso clube. Mas tenho dificuldade em apontá-lo como o principal responsável pelo empate. Não tem culpa de termos jogadores como o Maniche a fazer quase 90 minutos e o contrato praticamente renovado. Nem tão pouco que Yannick não dê para mais. Ou olhar para o banco e a única alteração possível ser a entrada de Saleiro em detrimento de Pedro Mendes esgotadíssimo.



No entanto faço 2 apontamentos relativos a jogadores da responsabilidade de Paulo Sérgio. Primeiro fiquei com a sensação (e não fui o único) que Postiga em varíadissimos momentos estava a coxear. Segundo, volto a questionar porque não esteve Salomão no banco? E não digo isto depois dos acontecimentos, até porque já tinha escrito antes do jogo que o jovem jogador poderia ser importante para momentos como o que ditou a entrada de Saleiro. Indecisão dentro de campo de alguns jogadores, uma lufada de ar fresco e quem sabe a chance para a vitória.

Em termos práticos ter empatado em nada altera o percurso que está delineado para esta época. O Sporting já não lutava para o título há muito tempo e hoje definitivamente Paulo Sérgio deve ter entendido isso. Acho que só faltava ele!

O nosso campeonato passa pela disputa de um lugar que possa eventualmente qualificar-nos para a Liga dos Campeões. Tem sido assim nos últimos anos e este parece ser mais um. Infelizmente a época acaba mais cedo que a já velha tradição do natal. Mas também, alguém esperava que fizéssemos melhor?





Comentários

Anónimo disse…
Um verdadeiro roubo
Pedro:
Esperava eu e julgo que todos nós, mesmo com todas as asneiras que e fizeram na preparação da época. A 1ª parte de ontem diz-nos que apesar de tudo o Sporting pode fazer muito melhor.

E apesar de ter sido pela forma como PS armou a equipa o empate ficou a dever-se também às limitações dele: nem aproveitamos o balanceamento para o ataque na 2ª parte qd o fcp veio em busca do golo nem aproveitamos a inferioridade numérica.

Aliás, essa foi a altura em que o jogo acabou para nós.

Abraço
Nuno disse…
Aquela bola atirada para fora para assistir o MOutinho ficou-me atravessada...
Sérgio disse…
Varela,

Paulo Sérgio - Esteve bem, mas também diga-se que as minhas expectativas eram tão baixas que qualquer resultado que não fosse a derrota seria bom.

Polga - Não contava com uma prestação sólida como a de ontem apenas um erro aos 3 min. (que ia dando golo do Falcão).

Laterais - grande jogo dos 2 laterais do ponto de vista defensivo sendo que ofensivamente praticamente só tivemos o JP.

André Santos & Pedro Mendes - que dupla a atacar e a construir muito bom.

Postiga & Liedson - Muito esforçados e batalhadores pena a fraca eficácia na hora de rematar à baliza.

VAldez - Para além de ser o nosso criativo está a revelar-se o nosso melhor finalizador.

Maniche - Tirandoa cartochada que deu À Maça podre pouco mais fez de positivo.

Djálo - Entrou a meu ver bem rápido a soltar a bola e ainda com muitas recuperações efectuadas no apoio à defesa.

Vuk- Para mim o principal culpado dos 10 minutos finais pouco conseguidos ... esta besta não sabe quais são os princípios basicos do futebol ... tacticamente é uma nulidade, defensivamente nulidade, espírito de equipa ZERO. Por mim encostava á boxe até mostrar outra atitude ... acho incrível ver tanta gente a criticar o Saleiro eo Djálo e ninguém fazer referencia a esta amostra de jogador profissional!?.

AVB mostrou o grande calmeiro que é
!!!
SL,
Anónimo disse…
um golo fora de jogo.
um expulsão do maicon que não existiu.
um maniche que devia ter sido expulso.
um Helder Postiga agressivo,a fazer esquecer o péssimo jogo da equipa do SCP.

E agora? O sr. da AFPORTO?

Grey is the new black?
Sporting is the new Boavista?

Cumprimentos,

miguel.
Sérgio disse…
Não te esqueças da brutalidade perpretada pelos jogdores do SCP ... Agressões barbaras nunca vistas antes nem para os lados do dragão.

Estas falsas virgens metem-me um nojo,

Xó Calimero ... andor !!!!
Anónimo disse…
Pedro,

também fiquei com a sensaçao que o Sporting desbaratou o jogo, sobretudo na segunda parte. é verdade que há um rendimendo muito desigual de uns jogadores para os outros e também há que dizer que o golo do FC Porto resulta duma inconcebível falha de marcaçao (Evaldo no centro da área em vez de a cobrir o Hulk?).
Agora, o Paulo Sérgio tem, a meu ver, responsabilidades sérias no que aconteceu na segunda parte, apesar da incapacidade nao surpreender.
pareceu-me que o Valdés jogava como falso 9 quando o SCP atacava e fechava a ala direita quando defendia. na segunda parte, praticamente nao se moveu da ala até, previsivelmente sair, e a partir daí foi um desbastar sofrível do meio campo. Maniche saíu e bem, nao porque estivesse a fazer um mau jogo, mas porque estivesse demasiado quente (P.Sérgio corrigiu o erro do jogo do Guimaraes) mas nao há nenhum sentido em abdicar de médios para meter um Vukcevik cujo autismo é directamente proporcional ao nivel de importância do jogo e a um Djaló que... enfim, palavras para quê.
Se nao me engano ficaram Zapater e Cedric no banco, qualquer um deles teria dado melhor serviço pelo menos em teoria.
no final, o costume: nao deu só sporting, nao foi um grande jogo (foram uns bons 45 minutos), ao contrário do que diz o treinador, apesar de acreditar genuinamente que ele estará contente com o trabalho realizado.

saudaçoes leoninas,
tiago

Mensagens populares deste blogue

Obrigado, Ristovski!

Macron, Nike, quem para o Sporting?

Desperdiçar uma liderança forte!