Rangers 1-1 Sporting :: Cantiflas!



Hoje tive que seguir o jogo em stream via internet e em boa hora que escolhi um canal "Direct TV" para seguir um jogo, que, mais uma vez Paulo Sérgio mostrou aquilo que vale. Os sul-americanos, os comentadores, adoram seguir os "seus jogadores" na europa e já decorria a segunda parte e perguntavam-se o que fazia Paulo Sérgio impávido e sereno a assistir ao pequeno "massacre" do Rangers ali por alturas do golo. Sempre a colocar as opções em relação ao que se ia passando no terreno de jogo. Parecia que seguiam o dia a dia do Sporting! 

A certa altura Paulo Sérgio decide mexer na equipa, retirando Cristiano (um dos comentadores chamou-o de Ronaldo por 3 vezes) e Maniche, colocando finalmente em campo alguém com capacidade para pressionar uma equipa acessível como o Rangers, Matías Fernandes, "tiene un bigodito a Cantiflas" (momento de pura comédia por parte dos comentadores). E assim ficou, Catiflas deu-nos o empate e foi o delírio total por parte dos comentadores a gritar golo. Pelo menos serviu para me libertar da tensão que é ver um jogo do Sporting de Paulo Sérgio nos dias de hoje. 

Continuo sem perceber porque Yannick foi titular e como esteve em campo 90 minutos. Mas tentar perceber é querer encontrar justificações para as opções de Paulo Sérgio. E isso é um trabalho árduo!

E poderíamos continuar aqui a noite toda a dissertar sobre a equipa, o porquê de Salomão desde que jogou bem a titular passou mais tempo no banco e na bancada, porque sofremos sempre golos de canto e porque Patrício voltou a ser o salvador da baliza, "enorme, monumental...el leon de la manada" (isto dito em êxtase por parte dos comentadores sul-americanos que estavam impressionados com o nosso guarda redes).

Como já tinha dito hoje de manhã, esta eliminatória é de 180 minutos, e não nos podemos esquecer do que aconteceu há 2 anos atrás. Eu acredito contudo, que apesar de Paulo Sérgio e das lacunas da equipa, temos fortes possibilidades de vencer o jogo e a eliminatória. Assim queiram os jogadores!

Comentários

Anónimo disse…
Lá nos safámos de mais uma derrota! Um resultado bom para passarmos à próxima fase! Segunda-feira todos a Alvalade, e mais que não seja pela memória do nosso companheiro Rui Mendes! Os lampiões hão-de ter o que merecem.
Anónimo disse…
O meio campo do Sporting é uma autêntica vergonha. Não pressionam nada. Não é só a falta de qualidade dos centrocampistas que o Sporting presentemente dispõe. É o desinteresse que demonstram e, neste aspecto, a culpa é principalmente do treinador, que não se consegue impor aos jogadores, exigindo-lhes maior agressividade e total empenho. Paulo Sérgia tem medo de tirar Maniche? Não está a jogar nada, nem a atacar e, muito menos, a defender.
Os 2 defesas centrais mais uma vez demonstraram que são fraquíssimos no jogo aéreo. O golo do Rangers evidencia claramente a incapacidade de Carriço e de Polga no jogo aéreo. Deviam apostar mais em Nuno André Coelho e em Torsiglieri. Podiam experimentar Carriço a trinco, já que ele é muito rápido e tem razoável domínio de bola. Pelo menos iria dar alguma força ao meio campo, que está muito fraquinho. Não admira, pois logo no início do ano despacharam os 2 melhores centrocampistas do Sporting, Moutinho e Veloso.
DUARTE
Nuno disse…
Depois de ver o Arsenal-Barcelona (elevado tempo de jogo útil, elevada percentagem de passes certos mesmo perante pressões altas), passar 90 minutos a ver um jogo do Sporting é uma provação.
Acho que cheguei à fase em que prefiro ver "futebol" do que ver o Sporting.
Ainda assim... em relação ao comentário anterior, não concordo com alguns pontos:
- as bolas paradas não são só culpa dos centrais. Os centrais são 2, normalmente há 7, 8 jogadores na área. Há ainda a questão da "altura"... é pertinente, mas não explica tudo. Por exemplo, como alguns jogadores marcam de cabeça sem tirar os pés do chão. Acima de tudo, há um défice de colocação, ataque à bola e uso do corpo para bloquear movimentos dos atacantes.

- o meio-campo é pouco pressionante, mas associar isso à perda do Veloso???? O Veloso seria um bom "xavi"... tem toque de bola, passe longo e curto... mas sinceramente, o rapaz gostava pouco de correr, e não era um modelo de agressividade.

- claramente falta um modelo: 4x4x2 losango, com Matias ou Valdes a 10; ou 4x3x3, com 1 (um!!!!) trinco (mendes ou zapater), 2 médios mais de transição (André, Valdes) e 3 avançados móveis, visto que o Sporting não tem um jogador de referência na frente. Agora, quase com 2/3 de época, são variantes atrás de variantes, João Pereira tanto a defesa como a médio, 3 trincos, 4 avançados... o Paulo Sérgio, não sei se virá ser um "bom" treinador... de facto, a confusão à volta da equipa (costinhas, izmailovs, etc...) não ajuda... o homem está só, e dificilmente alguém faria melhor (a não um peso-pesado)... mas como disse o Bruno Carvalho, não há condições...

Mensagens populares deste blogue

Obrigado, Ristovski!

Macron, Nike, quem para o Sporting?

Desperdiçar uma liderança forte!