sábado, 19 de março de 2011

É este Sporting que quero!



Não é o treinador que interessa, é o Presidente!

VIVA O SPORTING!

7 comentários:

The Cure disse...

belo video

este homem permite-me sonhar

Pedro Varela disse...

Votar nos projectos, acima de tudo.

Se acho que o Van Basten é um grande treinador? Não acho.

Mas Bruno de Carvalho dará um grande Presidente!

Anónimo disse...

o bruno de carvalho tem realmente uma verdadeira paixao pelo sporting e isso faz com que os adeptos vibrem. Força Bruno !!
(jorge-de PARIS)

Anónimo disse...

Com este treinador, o projecto de BdC esta condenado ao fracasso.

VBasten fica em 3º no Ajax, em Portugal e no Sporting, nem 3 meses dura.

Tenho pena, porque demonstrou grande energia. Mas o Sporting é um clube, vive do futebol e o futebol é o que realmente conta. Vbasten é uma época perdida e Inácio é um mandato perdido.

A campanha tem mostrado, por muito que me custe, que Duque é o homem que pode realmente mudar para melhor o futebol do Sporting!

MFM disse...

Como podem dizer mal de um treinador que com uma equipa com média de 20 anos, completamente renovada no Ajaz ficou em terceiro, mesmo assim á frente dos outros dois grandes PSV e Feynoord, é que quem ficou a frente foram o az alkmaar e twente.

e com a selecção da Holanda despachou o campeão do mundo (Italia) e da europa (França)e apenas caiu aos pés da melhor Russia que me lembro.


haja paciencia Bruno da Carvalho tem de ganhar senão vai continuar o exodo dos sportinguistas ha 4 anos eramos 34000 gameboxes hoje somos 20000! não chega? para de fazerem mal ao Sporting.

Bruno Carvalho Força contigo o Sporting vai regressar!

PS: bom bom é comprar o Hugo Almeida por 10 milhões ou ir buscar o Adriano ahahhaha não brinquem comigo.

sl
sporting sempre

Anónimo disse...

A prioridade do Sporting é o futebol. Para ganhar, o plantel é importante, mas o treinador pode ser decisivo. Saber escolher não é só uma questão de competência; é também uma questão de intuição.
O Sporting não tem tido intuição nas últimas escolhas.
Agora, parece voltado para a escolha de um treinador estrangeiro.
Isto numa altura em que temos três treinadores portugueses nos quartos-de-final da Liga Europa.
Isto numa altura em que o treinador vencedor da Liga dos Campeões é português.
Isto numa altura em que o vencedor de várias Ligas dos Campeões de África é português.
Será que os últimos treinadores do Sporting falharam por serem portugueses?
Não terá sido por falta de condições estruturais?
Jorge Jesus até é sportinguista, mas o Sporting não soube vê-lo a tempo.
André Vilas-Boas até estava a mostrar serviço, mas o Sporting não conseguiu contratá-lo.
Se repararmos, os dois mais recentes treinadores campeões passaram pelo Sp. de Braga.
Dizem que Domingos é defensivo? No ano passado e com orçamentos inferiores, ganhou aos grandes. Este ano, já ganhou ao Sevilha e ao Liverpool.
Já na Académica, Domingos mostrou que é um treinador que acrescenta algo às equipas.
Os treinadores estrangeiros de quem se fala estão ao nível das equipas que treinaram, não acrescentaram nada.
Para quem quer ser campeão a curto prazo, é demasiado arriscado apostar no desconhecido.
Não basta conhecer um clube. É preciso conhecer o futebol português.
Como sportinguista sedento de vitórias, penso que Domingos será a aposta certa.
Mesmo que o seu objectivo seja, um dia, treinar o Porto, terá uma motivação muito grande em mostrar serviço.
E mostrar serviço no Sporting passa por ser campeão.
Nenhum outro me convence.

Anónimo disse...

Finalmente um Homem do Sporting, um Homem que quer e vai sentir o Sporting campeão, um Homem que sabe o que é que o adepto de bancada sofre e sente, finalmente um dos nossos! Chega de vaidosos que só querem ir para o poder para ir para o camarote, ir comer o croquete, usar o fato do Sporting e tudo o resto.. VIVA A PAIXÃO SPORTINGUISTA!