quinta-feira, 5 de maio de 2011

A indefinição por Vukcevic



O vai não vai de Vukcevic estará na derradeira fase de resolução do processo. Vinculado até Junho de 2012, o jogador Leonino tem ao longo desta época sofrida de uma certa bipolorização de atitudes por parte dos adeptos perante o seu jogo. Amado pelas claques do clube e outras franjas mais próximas, por alguma irracionalidade que coloca em jogo mas uma incondicional garra enquanto em campo, odiado por outros pela falta de qualidade e pelas manifestas atitudes de desagrado nas substituições e mesmo quando não convocado.

Chegou-se a um ponto, na minha opinião pessoal e que tenho um lado irracional pelo jogador, que não se percebe bem como está Vuckevic no ciclo de vida do clube, enquanto atleta. Maduro o suficiente para fazer uma boa época, em fase de "fora de validade" que levará à frustração do próprio e à "indisciplina" pela irregularidade que poderá acontecer por não jogar.

Como "La Pallice" não era capaz de dizer melhor, estou em querer que chegamos a um ponto que a operação estará dependente do custo/benefício que isso poderá trazer para o clube. Entre a vontade de ficar e o encaixe financeiro, que seja encontrado o melhor para o Sporting, em primeiro, seguindo-se o melhor para o jogador. Que não se entre em guerra com os agentes, não precisamos desse tipo de problemas na preparação da nova época!

6 comentários:

jvl disse...

Penso que chegámos a um ponto em que para todas as partes, o melhor é a separação, caso surja uma boa oferta.

Vuk prometeu muito na 1ª época mas daí para cá, tem sido demais o seu comportamento. Que tenha muita sorte em Inglaterra ou qualquer outro lado mas que se vá.

Álamo disse...

A relação de amor e ódio que Vukcevic mantém com duas franjas distintas de adeptos do Sporting, penso que será uma questão falsa e que só às partes envolvidas dirá respeito.
O que importará apurar é se ao Sporting interessa ou não a continuidade o jogador. Antes mesmo de estabelecer a relação entre aquilo que custou e o que pode significar de retorno a sua eventual saída.
Dito isto, na minha modesta opinião, Vukcevic é mais problema que solução. O que tem oferecido ao clube tem um peso significativamente menor que aquele que o clube esperava e que esteve na base da opção de compra do total do passe.
Nesta condição, a sua colocação no mercado será um bom acto de gestão, ainda que significando algum prejuízo para o clube. Vukcevic é um daqueles jogadores que jamais deixará de olhar para o seu umbigo. O leão que ostenta na camisola que enverga, não lhe diz absolutamente nada, pesem embora os repetidos beijos que habitualmente simula e endereça às claques.
SL

Talk Talk disse...

Sinceramente nunca vi grande qualidade neste jogador para servir o nosso Clube. Não compreendo o "fascinio" de muitos adeptos por ele. Não sabe jogar em equipa e não é um grande desiquilibrador para além da indisciplina. Por mim sai e já vai tarde.

Mike Portugal disse...

Penso que Vukcevik é um jogador que não foi devidamente aproveitado. Tem uma capacidade de finalização bastante grande, mas como tem boa técnica, puxaram-no para o meio-campo, quando acho que poderia ser um bom 2º avançado.

Até porque, sejamos justos, a capacidade de decisão não é um dos seus pontos fortes, logo, não é boa ideia pô-lo no meio-campo, que é onde se requer mais cérebro.

Nuno disse...

Penso que Vuk rende mais como segundo avançado...

Ele é bom jogador, tem um bom remate (do melhor que há por cá), mas parece permanentemente com excesso de vontade de provar algo, o que prejudica o seu rendimento.

É muito ansioso, e isso nota-se na falta de jogo de equipa.

É um daqueles casos que sai pelo "preço certo" e, explodindo noutro clube, será (mais) uma espinha atravessada.

PS: parabéns pelo convite!! Espero que divulgue as propostas apresentadas pelos leitores do blog há algum tempo atrás ;)

Nuno disse...

pensava que era dos poucos a pensar assim, mas já vi que me engano. para mim o vuk devia jogar a 2º avançado, como o fez nos ultimos 7/8 jogos da primeira epoca no sporting em que nao tinhas opçoes para o ataque e jogou ao lado do liedson

dentro de campo entende-se perfeitamente esta relaçao amor-ódio uma vez que é um jogador de inegável qualidade, empolgante em certos momentos mas inconsequente em muitos outros.

sinceramente, gostava de o ver feliz, e infelizmente isso no sporting já nao vai acontecer porque o vuk já queimou todos os créditos que lhe foram sendo dados, pese embora (na minha opiniao) a falta de aprovitamento de alguns treinadores.

com muita pena minha, penso a decisao mais acertada devia ser vender e assegurar que porto e benfica nao o levem mais tarde porque seria um duro golpe para muitos sportinguistas