Grande Benedito, pobre MST

Realmente a nossa defesa nos meios de comunicação social são praticados quase de forma amadora. Não pretendo comentadores, paineleiros ou escribas que falem aquilo que a Direcção mande, nada disso, mas que assumam a defesa do Sporting, que é quem lhes dá protagonismo para o que vão dizendo semana após semana.

No actual panorama nacional não me identico com as diferentes personalidades que supostamente defendem o nosso Sporting, vai-se salvando o Ernesto Ferreira na A Bola, pelo conteúdo que muitas vezes coloca nos seus textos. Mas é pouco. Muito pouco!

Ontem, João Benedito, guarda redes do futsal Leonino, figura que não deverá demorar muito tempo a chegar a uma estrutura séria do Sporting, disse e muito bem, entre outras coisas, o seguinte sobre o que se passava no Dia Seguinte (que reconheço não ter visto), "Estou a ver o dia seguinte e estou incrédulo sobre a exposição mediática que fazem do nosso Clube. Para mais, como se não bastassem os ataques dos inimigos, esta vem de quem tem por dever proteger. Enquanto os outros se unem em torno de um ideal, de um Clube, ou, se quiserem, do tão apregoado amor, os nossos ex-dirigentes, ex-capitães, ex-jogadores, ex-qualquer coisa, decidem-se sempre pela via da qual advém mais protagonismo...a critica negativa."

Hoje MST, essa personagem que não vive sem falar do Sporting todas as semanas, que obrigou Vítor Serpa a expulsar os Gato Fedorento da A Bola, volta à carga com um "Grandes que são apenas dois: Porto e Benfica. O Braga luta para ser o primeiro dos médios, contra o outro candidato, que é o Sporting"

Como diz bem Benedito em cima, "não bastassem os ataques dos inimigos", e cá está hoje mais um exemplo claro, não há na praça pública quem dê uma resposta adequad. Fosse para abrir a bocarra para falar de assuntos que deveriam ser discutidos nas AG e nos locais certos, isso era logo matéria para colunas e mais colunas de jornais e revistas, mas quando é necessário união em torno do ideal Sporting, nem uma palavra, que em abono da verdade, apenas José Diogo Quintela ia fazendo semanalmente no jornal A Bola, até o calarem.

Para MST termino com o que bem reforçou em Março o blog És a Nossa Fé, quando diz que só pode ser um complexo de Édipo que leva MST a escrever estas coisas, até porque costumava ir a Alvalade com o pai em pequeno.

Comentários

Anónimo disse…
Tem toda a razão, nota-se uma tendência de ex-tudo de se porem do lado que acham que não vai dar asneira, o que vai correr melhor sem se comprometerem, e isso é triste.
Do MST em relação ao Sporting nem falo. Se calhar eu vejo mal, ele é mais novo que eu (que tenho 35 anos) e nasceu já com o Porto a ganhar coisas e a ser um Grande.... enfim, nem vale a pena.

Mensagens populares deste blogue

Porque não concordo com a expulsão de Bruno de Carvalho!

Sporting 2-3 Rio Ave :: fim de ciclo para Keizer!

Sporting 2-4 Benfica :: humilhados!