sábado, 9 de fevereiro de 2013

Entrevista de Godinho ao Record (parte 1) :: principais frases

Um dia depois de colocar na capa uma foto com uma frase retirada do contexto de um candidato, o Record entrevista Godinho Lopes em jeito de balanço, primeira parte pois amanhã há a segunda parte. Retirei as frase que me parecem mais significativas para quem não pode ler a entrevista. Cada um entenderá como quiser!

"as alterações significativas demoram uma geração...o Sporting não precisa de 15 anos para voltar a ser o maior clube de Portugal, mas ainda assim são precisos alguns"

"nunca direi não (a uma candidatura). O Sporting é o mais importante"

"o trabalho feito no campo desportivo teve maior significado do que aquilo que se quer fazer crer...fomos a três meias finais europeias..."

"já não tinha condições para terminar o mandato de forma calma e pacífica, coloquei sobre a mesa a possibilidade de ser julgado em eleições em maio"

"desengane-se quem pensa que o dinheiro vem dos bancos, o bancos foram parceiros e ajudaram o Sporting"

"o importante é dizer que foram encontrados investidores que colocaram dinheiro, acreditando na actual direcção"

"os três objectivos que tinha para o triénio: aproximar os sportinguistas, reestruturar financeiramente e apostar na formação - foram interrompidos"

"votarão agora em quem entenderem ser o melhor candidato, há no entanto uma análise a fazer"

"preparámos um documento que será mostrado pelo Conselho Fiscal a quem se apresentar como candidato"

"o candidato que ganhar as eleições terá de se sentar com os parceiros financeiros e concluir a reestruturação"

"(sobre os 45 milhões necessários) aliás, é a que eu defendo - cativando um investidor que irá querer a maioria da SAD"

"não serei eu a dizer que devem votar A,B ou C. Vou ser completamente neutro e imparcial"

"sempre tivemos a certeza de que a entrada de um investidor maioritário na SAD acabaria com tal ruído. Isto porque os habituais candidatos a candidatos deixariam de o ser e passavam a estar calados"

"108 milhões de euros" (o que meteu no Sporting, resposta que deu ao jornalista)

"a conversa que mantivemos durante 2 horas não serviu para nada" (sobre a reunião com o movimento Dar Rumo ao Sporting)

"tenho a certeza que ganharia a AG. E porquê? Aquilo que eu vi nos núcleos foi uma movimentação maciça, não de movimentos de internet mas sim de autocarros reais, a serem preenchidos com pessoas para virem votar à AG"

"(sobre a justa causa da AGE) O que disse é que arranjava 100 milhões para o Sporting, nunca falei em fundo e acabei por arranjar 108. Tivemos na temporada passada mais títulos do que em qualquer outra temporada da história do clube...conseguimos a proeza inédita de estar em três meias finais europeias, uma delas com o futebol...estávamos a fazer a reestruturação financeira e não nos deixaram terminar"

Sem comentários: