Sporting 3-2 Moreirense :: Ricky novamente, na estreia de Viola!

Fantástico chegar aos 90 anos e ter uma filiação como sócia Sportinguista de meter inveja. Eu pelo menos fico, sabendo que nunca conseguirei algo do género. Depois, estar perante quase 30 mil Leões e discursar com aquela clarividência, exaltando o Sportinguismo, é notável!

A D. Maria Borges de Castro merece as primeiras linhas da vitória da noite passada. O Sportinguismo também é isto. Somos todos nós que sorrimos com aquele momento de ontem no intervalo.

Foi preciso chegar ao dia 7 de Abril para o Sporting conseguir um ciclo inédito de vitórias. Três, para ser mais concreto (5 jogos sem perder). Incrível e demonstrativo do desastre que esta época representa para o clube. Apesar de tudo, ainda a lutar pela Europa. Se duas dessas vitórias foram conseguidas no último minuto de descontos e com a presença do Presidente no banco, sinceramente, que assim seja até ao final do campeonato, porque quanto à equipa já sabemos que dificilmente iremos conseguir mais do que se tem visto.

Os últimos 5 jogos, que não foram propriamente fáceis, e que nos renderam 11 pontos, vão ter  continuidade a começar já na próxima jornada quando visitarmos o líder do campeonato. Se na anterior série defrontamos um grande e uma equipa que luta pelo terceiro lugar, daqui para a frente e até terminar a época, irá exactamente acontecer o mesmo. A diferença? Antes de recebermos o Porto pouco se acreditava na Europa, agora na véspera da deslocação à Luz, tudo está mais perto. Mas cada coisa a seu tempo!

A vitória de ontem, tal como em Braga na semana passada, é inteiramente justa e foi conseguida por quem mais lutou por ela. O que se pode dizer do jogo de ontem, é que apesar do erros defensivos, mais que conhecidos, era absolutamente injusto não vencer o jogo. Mas, como bem sabemos, este ano a sorte não quer nada connosco, ou pelo menos não queria, até que uma mudança directiva trouxe a "estrelinha". Até Árbitros sistematizados, marcam grandes penalidades a nosso favor!

Foi um jogo em que estivemos sempre na frente do marcador, ao intervalo o magro 1-0 representava alguma justiça do que se tinha visto em campo. Um Sporting mais equilibrado, embora sem nunca ter sido posto à prova na defesa. O golo apesar de ter sido numa conversão de grande penalidade, foi uma das várias oportunidades para marcar.  Não vou personalizar os erros, os falhanços, pois nesta altura e sabendo que nada há a fazer e que é com estes que vamos terminar o campeonato, esse balanço será no final da época, um exercício que todos e principalmente a equipa técnica deverá fazer. Pois há jogadores só podem ter sido vantajosos para alguns e do ponto de vista financeiro. E há quem seja contra a auditoria de gestão...

A segunda parte começa mal com um grande golo de Ghilas. Não vou especular, mas era interessante se ver Ghilas e Ricky na frente de ataque do Sporting na próxima época. Não sendo um dupla brilhante, pelo menos sabemos o que valem. Pois....pena o Ricky ter sido vendido.

As diferenças para o passado recente é que a equipa reage. Embora em câmara lenta, com pouca velocidade nos mecanismos de transição e na disposição ofensiva, pelo menos reage. Luta. Não durou muito a vantagem do Moreirense, voltámos a marcar e logo novamente por Ricky. Fanstástico!

Nos dois últimos jogos, o holandês assobiado por muitos, dos 6 golos do Sporting marcou 4 e assistiu para um deles. Em Braga directamente responsável pelos 3 pontos, ontem de forma notável colocou a bola na cabeça de Viola para na sua estreia marcar. Resolveram!

Sim, pelo meio sofremos mais um golo incrível. Daqueles que só o Sporting "sabe" sofrer. Numa muralha de jogadores Sportinguista, um e um só jogador do Moreirense é capaz de encontrar espaço para sozinho marcar a um Patrício que infelizmente pouco pôde fazer.


A vitória é saborosa e faz-nos acreditar que é possível assegurar a Europa na próxima época. Aliás, só de pensar que em 2013/2014 podemos não ter jogos europeus em Alvalade, levanta-me a questão "como chegámos até este ponto e alguns queriam tudo continuasse igual?".

Por fim falar dos treinadores. Jesualdo merecerá a sua avaliação no final da época. Não sendo um fã do seu trabalho, pelo menos esta época foi dos poucos que colocou a equipa a fazer mais que 2 passes consecutivos. Não é muito. É teimoso com a posição de Dier. No final da época será certamente alvo de avaliação por parte do novo elenco directivo. Ainda hoje não sei se quer ou não ficar em Alvalade. Nas conferências de imprensa que antecedem os jogos parece zangado com o mundo, no dia dos jogos e quando festeja, adora cada momento daqueles!

De Inácio, que ontem foi o "inimigo". Já o tinha dito que no momento em que Bruno de Carvalho foi eleito que deveria ter saído do Moreirense. Não aconteceu e já se sabia que não iria acontecer. Quando voltar a Alvalade será como dirigente do clube. E dirigente...dirigi, não treina!

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Porque não concordo com a expulsão de Bruno de Carvalho!

Sporting 2-3 Rio Ave :: fim de ciclo para Keizer!

A nova grelha da Sporting TV