Labyad, rigor financeiro e jogos à segunda!


O rigor financeiro está a ser praticado todos os dias no Sporting. Podemos não concordar, não ter opinião ou ser favorável, "La Palice" não diria melhor. O certo é que não há margem para desperdiçar dinheiro. É certo, sabido e não há volta a dar. Não quer dizer com isto que tenhamos de concordar com tudo o que é colocado em prática por causa do rigor financeiro.

Labyad não foi convocado para o torneio do Guadiana, o que não seria previsível até porque tem sido presença constante nos jogos. Não foi convocado porque o Presidente terá dando essa indicação. Diz o agente e os jornais.

O rigor financeiro não pode condicionar desta forma as escolhas de Leonardo Jardim. E se era para condicionar porque não foi feito com antecedência? Porque se insiste em colocar o jogador em campo? Para vender?

O jogador é caro para o actual Sporting? Aceito isso. Comunique-se ao agente e jogador, procure-se mercado, mas não andemos num limbo que faz lembrar o episódio do Postiga ou do Yannick para depois serem vendidos e deixarem de fazer parte do plantel, mas no entretanto eram titulares. (neste último caso com agravante da falta de qualidade).

A questão aparentemente até parece simples. Labyad é caro. Mas queremos ou não que continue no plantel? Sabemos o seu custo mensal, não é complicado saber em função do rigor se vai ou não transitar para a época 2013/2014, mesmo sabendo que há qualidade nos pés do jovem jogador.

Decida-se sem criar problemas desnecessários!

Rigor esse que deve estar a ser posto em prática já a pensar no Torneio dos 5 Violinos, olhando para os preços que foram divulgados hoje para o jogo do próximo dia 11 de agosto.

O Sporting vai fazer em breve 3 jogos importantes na pré-época para definição do 11 base. É disso que se tratam os próximos desafios, é para isto que os jogos servem. O último, diante da Fiorentina, derradeiro teste antes de começar o campeonato. Era muito interessante ter Alvalade bem composto. Aumentar os níveis de confiança dos jogadores para o início do campeonato que pretendemos que seja positivo em casa frente ao Arouca. 

Não digo que o jogo fosse para esgotar o estádio, mas ter uma boa casa era importante.

E porque ainda falamos do rigor financeiro. Desculpem-me lá a expressão, mas que merda é esta de jogar à segunda feira logo a abrir o campeonato?

Lembro-me do Bruno de Carvalho falar disto durante a campanha eleitoral. Uma época sem competições europeias não tem necessidade de levar o jogo para este horário. Mandam as televisões, já sabemos, mas se estamos a abrir tantas "guerras" (e bem, na maior parte dos casos), podemos também incluir esta.

Jogos ao domingo à tarde com casa cheia. Alvalade agradece!

Comentários

Mensagens populares deste blogue

A actual Direcção do Sporting deve marcar uma AG para ouvir os sócios. Já!

Macron, Nike, quem para o Sporting?

Obrigado, Ristovski!