domingo, 22 de setembro de 2013

Sporting 1-1 Rio Ave


É impossível não ficar chateado com o jogo da noite passada. São 2 pontos perdidos que não estavam no meu horizonte, e certamente nos mais de 31 mil que foram a Alvalade. Durante a semana já tinha sido complicado com a semana europeia e sem o Sporting. Não estar nas terças e quartas do futebol mundial que é onde devemos apontar sempre o clube, ver as quintas passar que servem como refúgio europeu, imaginar na sexta que podemos atingir a liderança provisório para colocar pressão nos adversários.

Não aconteceu. E muito por nossa culpa!

O jogo até começou bem com boas movimentações na alas, Wilson e Montero em destaque, com tudo a indicar que o Sporting partia para mais uma vitória. Mas rapidamente o Rio Ave ajustou-se tacticamente, começou a fechar as linhas de passe e não mais o Sporting conseguiu impôr-se, com seria desejável e expectável.

O golo surgiu aos 25 minutos numa falha do guarda redes Salin e na execução perfeita de Wilson Eduardo, que de ângulo complicado inaugurou o marcador. E a partir daí, deixamos o jogo correr ao acaso na esperança que a vitória estivesse assegurada. Bem longe disso acontecer!

Não fomos capazes de dilatar a diferença no resultado, Capel lesionou-se e o Rio Ave sem grandes dificuldades tomava conta do jogo, principalmente do meio campo, onde Adrien e André Martins estavam irreconhecíveis. Na defesa, a equipa do norte esteve implacável!

Na segunda parte não houve grandes alterações de jogo. Parece-me, claro que agora é fácil falar, que Leonardo Jardim demorou a mexer. Quando o fez, já tarde, as alterações não surtiram como era pretendido.

Mas antes de tudo isto, e do Xistra, que já lá vamos, Hassan, Ukra foram falhando até que aos 71 minutos Tarantini marcou. Justiça no marcador, e em abono da verdade, algo que já se esperava.

Faltavam pois, 15 minutos para voltarmos ao primeiro lugar do campeonato.

Pausa!

Não mudo o que tenho dito desde o início deste campeonato, o Sporting não é candidato ao título. Digo-o com base no que a equipa pode fazer, no que tem sido a reformulação do plantel. Objectivamente mantenho que é complicado estar na luta pelos primeiros lugares. Não quer dizer que não acredite que esta mesma equipa não dê luta e se deixe abater com as primeiras controvérsias. Nisso acho que há condições para fazer muito melhor e lutar contra as adversidades.

Voltando ao jogo. Já o disse em cima, que tendo em conta o que os jogadores fizeram, os treinadores, os esquemas táctico de ambas equipas e todos esses factores, que o Rio Ave mereceu o empate. A agressividade deles no meio campo e facilidade como anularam os nossos lances na área, são reflexo disso mesmo. Acontece que em campo esteve Xistra.

Podia ter sido um erro natural. Da mesma forma que não viram o lance do Montero na semana passada, podia Xistra não ter visto o lance de grande penalidade. Só que o "Não vi" que tanto gritou para Adrien e Companhia, simplesmente não funciona porque o lance foi mesmo à frente dele. As imagens mostram-no na perfeição. Falta de profissionalismo? Sim, muita. Árbitros fracos? Obviamente. Mais qualquer coisa? Ainda há dúvidas. Olha, e no ano passado contra o Olhanense? É o futebol nacional no seu esplendor!

Mas pronto, esta semana já se pode falar de outra coisa que não o Sporting. É melhor assim!

Não tivemos capacidade para vencer o jogo, e quando quisemos não os deixaram.

Para a semana vamos a Braga, rever o Professor. Apesar da exorbitância dos preços, há que marcar posição e acompanhar a equipa.

O Sporting é nosso e neste momento precisa de nós!

5 comentários:

Leo Filo disse...

Uma descida à realidade, para alguns, sem dúvida.
Os árbitros são os mesmos do ano passado... mas na época passada houve muitos que não os quiseram ver!
Continua, desde o iníco da época, o problema das bolas por alto.
Montero desta vez não chegou para esconder os nossos problemas no ataque contra equipas que sabem defender.
W. Eduardo pode não ser um mago do futebol, nem ter as características de Capel ou Carrillo, mas tem conseguido aproveitar as suas próprias qualidades, já leva dois golos e várias assistências para golo, coisa que os outros dois não podem dizer. Futebol é eficácia e WE já percebeu isso, Capel e Carrilo não.
Na próxima jornada vamos a braga jogar e, por força do resultado da noite passada, com menos um ponto que o braguinha. Desta forma esse jogo ganha uma importância ainda maior porque se queremos o 3º lugar (menos que isso é o fracasso da época, por muito que a direção não o queira assumir, pois a LE não interessa a ninguém) temos de ganhar no próximo sábado.

M Carvalho disse...

Acho injusta a avaliação ao Adrien. Foi dos melhores. Atenção que ser 3, vai ser complicado...

M Carvalho disse...

Acho injusta a avaliação ao Adrien. Foi dos melhores. Atenção que ser 3, vai ser complicado...

Sérgio disse...

O 3ª lugar dá acesso À CL !!!

Jordi disse...

Boa noite,

iniciei um novo blog: http://invisuaisnomercado.blogspot.pt/

Se quiser pode adicionar à sua lista.

SL