sexta-feira, 1 de novembro de 2013

Obrigado Marcelo, o Leão fica-te muito bem!


Marcelo Boeck um exemplo de profissionalismo, raro de encontrar nos dias de hoje no futebol.

Em tempos, o Sporting atravessava um momento agradável na Liga Europa. Escondiam-se todos os problemas com uma participação europeia que muitos acreditavam que ia terminar em Bucareste. Não aconteceu. Mas ficou para a história, de muitos que adoram o Sporting, as imagens do apoio incondicional de Marcelo Boeck durante essa temporada.

Tem de ficar nos nossos corações, esse momento. Essa dedicação ao clube, sendo um jogador que raramente joga e que ocupa uma das posições mais ingratas numa equipa de futebol. Ser suplente de um titular indiscutível.

Mas de Boeck não se ouve uma crítica. Não se vê o agente falar dos poucos minutos. Quando lhe é concedida a oportunidade, agarra-a. Sente-se o número 1. Por momentos, a camisola 12 não é sua.

Esta semana foi-lhe retirada a "camisola 12". Uma acção de marketing bem conseguida por esta Direcção, entregou a camisola 12 aos adeptos do Sporting. Em todas as modalidades foi retirado o número 12.

Marcelo, que viu o seu número alterar para 22 continua a agradecer aos adeptos. A elogiar o clube. Sincero e coerente com o que tem sido. Um Leão, um jogador que tem muito para ensinar a tantos outros que por vezes não percebem a grandeza do Sporting.

Esta semana, o Jornal do Sporting entrevista o jovem guarda redes, vale a pena assinar o nosso jornal para poder continuar a ler o que realmente pensam os jogadores que estão connosco. Marcelo fala com paixão do clube e da ambição que mantém inalterada.

Sobre tudo isto, só posso dizer, Obrigado Marcelo, o Leão fica-te muito bem!



Sem comentários: