domingo, 3 de novembro de 2013

Sporting 3-2 Marítimo :: sofrer para vencer!

foto: Pedro Rocha/Global Imagens
Calma que foi só mais uma vitória do Sporting neste campeonato!

Quando a equipa titular foi anunciado em Alvalade houve em mim 50% de surpresa. Das 4 alterações, gostei da entrada de Capel e Vítor, este último tinha sido titular para mim no Dragão, estranhei a saída de Piris e aposta em Dier, apesar da ausência de Maurício. Piris tinha estado muito bem contra o Porto, Eric tem falhado consecutivamente, e hoje voltou a acontecer.

No entanto, quem manda é o treinador, que por sinal vai fazendo bom trabalho. Titularidade novamente dada a Carrillo, a derradeira oportunidade na minha opinião. Disse-o no início do jogo, cá para com os meus botões, esta aposta de Leonardo Jardim deve ter hoje chegado ao fim. Fraco jogo do peruano!

Os 25.083 que estiveram em Alvalade mais os que entraram em campo vestidos de verde e branco, sabiam da vitória do Benfica e do empate do Porto. Só os 3 pontos interessavam, até porque "não há história nenhuma", como dizia Bruno de Carvalho.

Mas esteve para haver!

O Sporting entrou mal no jogo. Displicente na defesa, nas saídas com bola da sua área, sem força, sem rumo e os calafrios iniciais foram os sinais para uma noite que já se percebia que não ia ser fácil. 

Duas referências pessoais apenas esta noite. William Carvalho porque continua a ser um jogador em destaque no Sporting deste ano. Que classe a recuperar bolas, que segurança a despachar jogo. Que coração, que força. Conseguiremos ficar com ele mais que um ano? Não vai ser fácil.

E Capel. Que fôlego. Que disponibilidade para carregar o Sporting às costas e que golaço que abriu o marcador esta noite. O regresso a Alvalade não poderia ser melhor.

Mas não demorou mais que 5 minutos a festa. Na semana passada já tinha referido este tipo de situações, que não podem continuar a acontecer. Marcar-se, ganhar ânimo e perdê-lo quase de imediato com golos dos adversários. Foi com o Porto, repetiu-se com o Marítimo.

Mas a história teimava em piorar. Grande penalidade inexistente, e quando menos se esperava o Sporting chegava ao intervalo a perder por 1-2!

Já agora, o Marítimo deveria ter terminado a primeira parte com 10.

A segunda parte foi um teste muito importante ao Sporting 13/14. A vitória era o único resultado que interessava, ficar a 3 pontos do Porto, voltar ao segundo lugar. Mas não foi um caminho fácil.

Wilson Eduardo entrou para o lugar de Carrillo, que desperdiçou 45 minutos.

Uma pausa para falar de Montero. Não dos golos ou da sua qualidade. Nada disso. A Sport TV tentou hoje criar um caso com Montero. Porque vão ser 2 jogos sem marcar e ainda não tinha acontecido, porque está perdulário, porque isto e aquilo, porque, porque...santa paciência. 

Toda a gente sabe que o Montero foi pai, estava na nuvens e não regressou à terra. É normal. É humano. E já agora...a vitória, como direi à frente, tem o seu cunho!

Não foi fácil chegar à vitória. Ainda houve uma diferença de critério numa grande penalidade não assinalada a favor do Sporting, totalmente idêntica à que sofremos. 

Sai Vítor, entra Slimani e o jovem argelino a marcar o golo quase na primeira vez que toca na bola. É no campo que se fala, diria-lhe se estivesse no balneário à espera dele, não é pelos agentes!

O Sporting nunca virou a cara. Lutou e acreditou sempre ser possível vencer. O público também. A 15 minutos dos fim, bola é metida na área e Montero a preparar-se para criar perigo é empurrado pelas costas. 

Grande penalidade limpinha, limpinha. Golo de Adrien.

Alvalade sorri mas não descansa. Apesar da expulsão do jogador do Marítimo que decorre do castigo máximo, o jogo não acalmou. O Sporting com mais um jogador não foi capaz de manter a bola e evitar que o Marítimo ainda pudesse criar perigo. Dois calafrios na área de Patrício, mas a vitória estava cada vez mais perto.

Final do jogo, o Sporting venceu e história não se repetiu. A tal, que afinal, nunca existiu.

Agora venha o derby para a Taça!

1 comentário:

Leo Filo disse...

O Dier tem falhado!? Mas o Maurício tem feito grandes exibições!!! Dier não tem jogado, fez uma má primeira parte mas corrigiu na segunda e ganhou muitos lances pelo ar na defesa(coisa que Maurício raramente consegue sem falta).
Carrillo continua a não querer jogar futebol...
Montero, não obstante falhar alguns golos, fez uma boa exibição e "ganhou" o penalty.
Uma vitória muito importante, muito melhor que exibição, contra uma das equipas que melhor sabem jogar fora de casa.
Durante o jogo já foi possível ver o resultado das declarações de BC na AS e do PCF na semana passada, pois quando estavamos a perder voltaram os assobios à equipa...
É o custo de se dizer que "lutamos pelo título"! Foi criada uma pressão acrescida que a equipa não precisava, nem está em condições de suportar.
Já nem falo do plantel, mas das "armas" diferentes que temos (a falta que deu origem ao primeiro golo do Marítimo e o penalty a favor deles, nunca seriam marcados no dragão ou na luz).
Mas agora há uma só voz e tudo está bem e quanto ao plantel pode ser que, em Janeiro (com atraso de vários meses), sejam gastos os 30 milhões prometidos em contratações...