Sporting 3-0 Belenenses :: a alegria de ver futebol!

Obrigado Leonardo Jardim, dá prazer ver o Sporting jogar!

Não consigo começar este texto com outra frase. Não fizemos um grande jogo, mas o prazer de ver o Sporting jogar é misto de paixões que se misturam entre equipa, direcção técnica e o apoio fantástico dos quase 38 mil que ontem estiveram em Alvalade. Obrigado!

Antes de ir ao jogo em si, deixem-me dar duas pequenas notas sobre Maurício e a foto que esteve nas redes sociais a fazer sucesso nas últimas 24 horas. É difícil para um adepto ter ídolos no seu clube. Mais cedo ou mais tarde ele sai do clube, não está interessado no amor à camisola e sentimo-nos atraiçoados. Ídolos zero é uma prática comum a adoptar nestes tempos de futebol moderno. 

O Maurício tem direito a levar a Mãe dele onde quiser, agora, podia e deveria ter tido cuidado com a publicação da foto nas redes sociais, onde rapidamente, uma acção que pode ter sido completamente inocente se torna num pesadelo. Ainda assim, a estrutura Leonina pode e deve ter um papel importante na forma como "educa" os seus jogadores.

De qualquer forma, se cada vez que Maurício levar a Mãe a ver a estátua do Eusébio, o Sporting der 3-0, olha...para a semana que a leve lá outra vez!

Rola a bola!

O capitão do Belenenses escolheu campo, o Sporting jogou na primeira parte para Sul. Há muito tempo, que me lembre, que não acontecia isto em Alvalade.

Com a subida de forma da equipa do Sporting, começámos a ser exigentes com o que vemos em campo. O Sporting demorou a arrancar no jogo, sem criar grande perigo, tudo muito preso e desligado, dificuldades na acção ofensiva, muita posse de bola mas tudo muito lento.

Jefferson destacava-se pela velocidade com que avançava no relvado, estava em rotação elevada, e os primeiros sinais começaram a aparecer dos seus pés. Capel, na direita...não é a melhor opção.

No entanto, aos 27 minutos surge o primeiro golo do Sporting. A capa de hoje da "A Bola" diz quase tudo sobre este lance, "nem Belenenses, nem Sporting mereciam tal erro do árbitro", acrescentava apenas tais erros, porque se aos 27 minutos não há grande penalidade, no final da primeira parte há e com directo a vermelho ao jogador do Belenenses. 

Adrien chamado a converter a grande penalidade não falhou e abriu o marcador. O Belenenses que até então praticamente não tinha feito nada, na hora seguinte de jogo foi totalmente ineficaz.

A segunda parte abre com o segundo golo marcado por André Martins após assistência de Carrillo. O peruano, que faz uma fantástica recepção de passe para assistir para golo, está a ser trabalho de forma muito minuciosa por Leonardo Jardim. Percebe-se que o nosso treinador tem esperanças nele e de jogo para jogo há sinais que apontam para uma ligeira progressão no seu estilo de jogo. Vai resultar? Não sei, mas quero acreditar no Leonardo que irá obrigar o Carrillo a pensar se quer mesmo ser um grande jogador de futebol profissional!

O nosso plantel é curto e por isso precisámos de todo os jogadores, no entanto, chega a ser doentio ver todos os dias os comentadores de bola a desejar lesões aos nossos rapazes. É que não se calam com "as lesões vão chegar...quando se lesionarem...."

E a verborreia que sai da boca de alguns chega a ser assustadora ao ponto de ontem se ouvir "a não conquista do título vai ser considerada o falhanço da época"

O que vale é que a equipa continua imune. Com o 2-0 marcado bem cedo, o Sporting controlou a partida a seu belo prazer. Montero não marcou e foi substituído por Slimani e Wilson Eduardo entrou para o lugar de Capel para fixar o resultado final. 

A jogada do 3-0 é um excelente exemplo de uma óptima transição defesa ataque com Slimani, André Martins, melhor jogador em campo, e Wilson Eduardo em acção.

Final do jogo, vitória justa do Sporting e mais 3 pontos. Candidatos? A vencer cada jogo!

A alegria de ver futebol regressou a Alvalade. Agora digam lá que não valeu a pena lutar por AG Extraordinária que mudou tudo isto!!!

Comentários

Héber disse…
Um triunfo tranquilo, como os números atestam, e que mostrou que os nossos jogadores não sentiram a pressão de comandarem isolados um campeonato. O nosso Sporting respira saúde e coloca cada vez mais pressão em cima dos demais rivais. A vitória foi incontestável, tranquila e objetiva mas preparem-se para as bocas de "aquele penalty deu-vos a vitória" vindas de gajos cheios de moral para o referir...

Mensagens populares deste blogue

A actual Direcção do Sporting deve marcar uma AG para ouvir os sócios. Já!

Macron, Nike, quem para o Sporting?

Obrigado, Ristovski!