Steaua de Bucareste 1-5 Sporting :: entrada na Liga dos Campeões de manita cheia!

foto: Desporto Sapo

Estamos na Liga dos Campeões após uma vitória esmagadora na Roménia e que não deixou dúvidas absolutamente nenhumas sobre a melhor equipa na eliminatória. Seria natural o Sporting qualificar-se para a fase de grupos, mesmo após um primeiro jogo em Alvalade apático.

Jorge Jesus depois da vitória em Guimarães explicou que com a intensidade de jogo do Sporting e com a temperatura alta, primeiros jogos da época, Gelson e Bas Dost estavam "completamente mortos". Apresentou o mesmo 11 no jogo desta noite, comparando com o jogo diante do Vitória SC, com apenas uma alteração, Doumbia entrava para o lugar de Bas Dost.

A aposta foi ganha. O Sporting entrou forte, os primeiros 15 minutos foram muito intensos e com naturalidade o golo surgiu e por Doumbia. Estava quebrado o primeiro enguiço, era importante marcar fora.

O golo que poderia dar alguma tranquilidade na eliminatória, transformou a equipa e uma sucessão de erros no lado direito da defesa, entre Piccini, Coates e Mathieu, deu origem a um empate que, naturalmente, dava alento aos Romenos.

Até ao intervalo pouco a assinalar. 

Claro que qualquer Sportinguista sabe que não podemos viver neste limbo, porque, nos últimos anos, a coisa corre sempre mal. Era a 5ª tentativa do Sporting passar a fase dos play-offs, depois de ter falhado contra Inter, Udinese, Fiorentina e CSKA de Moscovo.

A segunda parte começa com o Sporting paciente. Não entrou, ao contrário da primeira, a pressionar. Deixou o Steaua jogar e mostrar que, realmente, a qualidade das duas equipas era completamente dispares e que, a partir do momento em que o Sporting forçasse, a eliminatória seria resolvida. Jogar pelo seguro, atacar pela certa e marcar.

A primeira substituição aconteceu aos 59' e um minuto depois o Sporting adiantava-se no marcador com o golo de Acuña. O passe de Bruno Fernandes é fantástico, rasgando a defesa toda dos romenos e Acuña passou pelo guarda redes do Steaua colocando o Sporting em vantagem.

A eliminatória naquela altura já estava ganha.

Percebia-se que tinha sido a machadada final e que a partir dali poderiam surgir mais golos para o Sporting.

Quatro minutos depois, Bruno Fernandes deixa na direita em Gelson que com muita classe desfere um remate cruzado para o fundo da baliza de Nita.

Entretanto Petrovic entrava em jogo. O preço por William já tinha subido mais 5 milhões. O Sporting chegava ao quarto golo. O golo de Bas Dost começa em Bruno Fernandes, começa a ser natural, passa por Gelson e termina na baliza romena.

A 10 minutos do final entra Bruno César. Não foi para a baliza. Eu tinha apostado no descanso de Patrício. 

Com o jogo praticamente terminado, ainda houve tempo para Battaglia marcar e o preço de William subir mais 5 milhões. Coentrão muito bem na jogada, Dost bem tentou bisar, mas seria mesmo Battaglia, o que tem as orelhas quase sempre quentes, a marcar.

Depois da manita em Guimarães, uma manita em Budapeste, desculpem, Bucareste e que confirmou o Sporting como melhor equipa e consequente apuramento para a Liga dos Campeões.

O tal mês de Agosto muito complicado, e bem verdade, que tinha 3 deslocações a Vila das Aves, Guimarães e Roménia, não correu mal e nos 5 jogos efectuados vencemos 4 e empatamos 1, marcamos 13 golos e sofremos 1, sendo que no campeonato vamos com 3 jogos e 3 vitórias.

Agora no sorteio da fase de grupos da Liga dos Campeões venham de lá os tubarões porque é contra esses que as noites de terça e quarta feira em Alvalade ganham outra vida. A vida europeia que há muito tem estado amorfa e o nosso fundador, lá onde estiver, não estará muito contente!

Comentários